Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sou Mais Eu...

Sou Mais Eu...

07.08.12

Nota para os pais...

soumaiseu

Lembrem-se de nunca deixarem os vossos rebentos colarem autocolantes nos roupeiros, paredes, vidros e afins... Tirar estas coisas peganhentas e tão atractivas aos olhos dos nossos petizes não é pêra doce... De tanto esfregar e raspar nem sei onde começa nem onde acaba todo o meu membro superior direito! Claro que se a casa for arrendada e quisermos transformar o quarto da catraia numa espécie de creche, não há problema nenhum porque depois pomo-nos na alheta e a Senhoria que tire se quiser! 

06.08.12

Não terei mais misericórdia!

soumaiseu

Depois de ter passado uma tarde inteira a despejar entulho que a minha Sra Dra Madame ex-inquilina me deixou como "lembrança" digo-vos que não terei mais misericórdia de ninguém! Tirei mobílias desmanchadas da dispensa, tralha, quinhentos mil sapatos de saltos altos tipo andaimes, roupa de carnaval, roupa normal, milhentos cintos, malas, tralha, muita tralha, mas o que mais me espantou foi encontrar cuecas sujas na dispensa.... sujas, não, cagadas! Este é o verdadeiro termo! Como se pode viver assim não sei nem quero saber! Só sei que perdi uma tarde a deitar coisas fora, desde loiças engorduradas a vidros sebosos, passando por medicamentos, produtos de higiene e maquilhagem.... ainda restam os monos que estão reservados para os senhores da câmara... e a limpeza! Essa tem de ser para mim, desde os vidros ao interior do forno está tudo nojento! Soube hoje que se faziam altas churrascadas a carvão ali na minha marquise até altas horas da madrugada! Soube hoje que se chamou a policia variadas vezes por distúrbios fora de horas, que o candeeiro do vizinho de baixo caiu durante uma das muitas festas que ali se faziam... soube hoje! Maravilhosa vizinhança esta que só sabe o meu contacto para me lembrar que ainda não paguei o condomínio, e só se lembram do local onde moro quando é preciso trazer a acta para assinar! Fizeram-me recordar um dos motivos pelo qual mudamos de casa... Por isso vos digo com todas as letras, não voltarei a ser misericordiosa! Temos pena! 

30.07.12

Casa arrendada....

soumaiseu

... casa destruída!

 

Foi assim que fui mostrar a minha anterior casa a uma amiga que estaria eventualmente interessada em arrendá-la! É claro que quando a viu vandalizada o interesse evaporou-se de imediato! Paredes pintadas com riscas pretas verticais, borrões de tinta preta em spray nas paredes... portas decalcadas com esboços de flores cor de laranja... roupeiro do quarto mais pequeno bem como a porta do mesmo cheios de autocolantes infantis... E o pior: o roupeiro do quarto grande literalmente destruído, espelhos evaporados, portas de correr fora das calhas e as que ainda lá estão simplesmente estão empenadas e não correm... Detesto ter de mostrar a casa a alguém!  Aquela foi a primeira casa que comprei, por quem eu e a minha metade nos apaixonamos de imediato! Não foi uma casa comprada antes do casamento, foi comprada 4 anos depois, simboliza a saída da casa do sogro onde nada se podia fazer (apesar de estar no nome do filho)... Foi lá que fiz a minha filha, foi para lá que ela entrou nos seus primeiros dias de vida... Dói-me o coração vê-la assim destruída, completamente ao relaxo, suja e mal cheirosa... parece que durante os últimos dois anos viveu ali um bando de índios, sem qualquer tipo de brio na casa... Eu costumava dizer que que a fulana, ao contrário de outros que lá estiveram, nunca me chateou com reparações... pois claro que não! Partiu, partiu! Conforme fica assim está! E agora é preciso correr contra o tempo para que ela pague a reparação do roupeiro antes de entregar a chave, já não falo da pintura! Já não falo da limpeza! Já não falo do estore da janela da casa de banho que também levou um chá de sumiço, nem da tampa da sanita que deve ter ido pelo mesmo caminho... A lei protege demasiado os inquilinos... e os proprietários quem os protege? 500 € mensais não chegam para pagar estas chatices todas! Um dia destes, juro que não mostro a casa a mais ninguém! Assim não fico doente... Não precisasse eu do dinheiro para o empréstimo que ainda mantenho!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D