Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sou Mais Eu...

Sou Mais Eu...

31.08.15

Sobre as férias 2015!

soumaiseu

Estive uma semana e pouco no Norte, em Alhões, Cinfães do Douro. Aqui descansa-se ao som bucólico dos "méééé's" e "muuuuu's" que nos chegam todos os dias com o gado que vai passando à nossa porta, ao som dos vizinhos que nos dão os bons dias todos os dias com o mesmo afago, ao som do padeiro que chega com a sua carrinha e que acorda todo o povo com as suas buzinadelas, insuportáveis nos primeiros dias e já praticamente inaudíveis no final. Deu para visitar a afilhada muitas vezes. Passear com ela pelo Rio Tinto, Amarante (a voltar garantidamente, é lindo e só vi um bocadinho), leva-la a mergulhos e escorregadelas nas piscinas de Viseu, fazer os Passadiços do Rio Paiva com amigos muito queridos. Já ouviram falar destes passadiços? São 8 quilómetros lineares, 14 medidos pelo GPS. Grau de dificuldade elevada, a minha petiz aguentou estoicamente. Façam! Vale cada passo dado. É a natureza no seu estado bruto.

Depois foi o regresso a Lisboa que se impôs por assuntos escolares para tratar, e o ir para terras mais quentes: Proença-a-Velha, distrito de Castelo Branco. Enquanto que em Alhões se congela (no dia em fomos fazer os Passadiços o carro marcava 9 graus às 8.30 da manhã), na minha terra derrete-se. O calor transforma tudo em papas... Aqui faz-se o mesmo de sempre, entre idas e vindas a Castelo Branco e Alcains para ver a família, este ano conseguimos ir à piscina fluvial da Fonte do Pego em Penha Garcia. Um sitio fantástico que adorei. A 20 minutos da minha terrinha. A repetir anualmente. Deixo-vos algumas fotos para vos alegrar as vistas.

DSC_0005.JPGVista de Valverde sobre o Douro (Valverde, Cinfães)

DSC_0026.JPGNa apanha da erva: até os lisboetas trabalham! (Valverde, Cinfães)

DSC_0059.JPGRio Bestança, a caminho do banho anual, nunca falha! (Valverde, Cinfães)

DSC_0061.JPGPassadiços do Rio Paiva, o inicio... (Arouca)

DSC_0140.JPGPassadiços do Rio Paiva, o vislumbre do que ainda aí vinha... (Arouca)

DSC_0156.JPGPassadiços do Rio Paiva, o pior de tudo, e ainda nem a meio estávamos da escadaria infernal... (Arouca)

DSC_0352.JPG

Piscina fluvial da Fonte do Pego (Penha Garcia, Beira Baixa)

DSC_0354.JPGPiscina fluvial da Fonte do Pego (Penha Garcia, Beira Baixa)

 

 

 

 

 

11.09.14

Escapadinha de 5 dias, destino Alhões/Valverde!

soumaiseu
(Foto minha: Eu e o Bonito)

Conseguimos ir! Saímos daqui na sexta, e regressámos na terça. Apanhámos sol, chuva e frio. Gosto das aldeias neste tempo, quando o mês de Agosto já partiu e levou com ele o enxame de emigrantes. Quando o Verão já satura, sabe bem dormir nos sacos-cama e sentir o cheiro a terra molhada. No domingo fomos a Lamego à Romaria de Nossa Senhora dos Remédios. Vimos o cortejo das flores mas não achei nada de especial. Encontramos-nos lá com a minha "afilhada" do rancho: diz a avó dela que fui eu que lhe peguei o vicio. :-)  Estava lá com a mãe, a avó e o namorado*. Andámos os três no "Kanguru" (cá em casa só eu gosto destes carrosséis malucos, o marido recusa-se a andar porque diz que se vomita todo! ) e as duas andámos na "Xícara Mágica" com a Rita. Aproveitei para comprar uma mochila étnica para a afilhada, assisti às rusgas (Gostei, algumas tocavam músicas nossas conhecidas: "Mamã! Estas músicas são do nosso Rancho!" - dizia-me a minha petiz), vimos o fogo de artifício e regressámos a Alhões pelo cimo da serra já fora de horas! As luzes das aldeias à noite dão uma beleza espectacular a esta percurso que aconselho vivamente! Em Alhões eu e a minha filhota apaixonámo-nos por um cordeirinho da tia com apenas 3/4 dias... Cresci com os cabritinhos da minha avó, mas cordeirinhos nunca tinha estado com um tão pequeno, são uma ternura! Serviu para ver a família, a afilhada "Mais Linda da Madrinha" que está cada vez mais bonita. Serviu para descansar. Adoro ir ao Norte. É tão diferente da minha terra! Ali as pessoas são mais simples, dão o que têm de coração, não ligam a modas, nem ao conforto. São mais genuínas. Vão à Missa porque gostam, não porque tem de ser, são frontais, simples, suavemente rudes.  E eu regresso assim: Fully Charged Batteries!!!

 

* A I. tem 14 anos, a minha filha tem sete.... não pude deixar de fazer contas... faltam só mais sete! Como é que será que eu vou lidar com os namoricos da minha filha? 

30.06.09

Estou de volta!

soumaiseu

 

Já voltei!

Estive uma semana no Norte, saltitanto constantemente entre Alhões e Valverde, mesmo ali ao lado de Cinfães do Douro. Serviu para repôr energias, respirar ar puro e molhar os pés nas águas geladas de um dos rios mais puros de Portugal, o Bestança! Gosto daquela zona! Gosto da vista deslumbrante que se tem sobre o Douro. Em Alhões ainda se pratica o "pastoreio comunitário" (não sei se é esta a desiganção correcta), em que se juntam todas as cabeças de gado miúdo da aldeia (cabras e ovelhas) e 2/3 pessoas da povoação levam-as para o monte, e no dia seguinte vão outras pessoas... É giro ver todos aqueles animais a balir pelas ruas estreitas acompanhados dos necessários cães do gado, animais corpulentos, robustos e sedentos de carinho... Por muito que goste do Norte, perdoem-me os que forem excepção à regra, mas normalmente nesta zona não se cultiva o mimo aos animais, uma simples festa é algo de impensável... mas enfim!

Eu prefiro Valverde, apesar da falta de saneamento, da falta de água canalizada, dos rudimentares acessos ás casas de quem vive mais isolado. Ali é o campo, ou pelo menos, Valverde corresponde à minha noção de campo, rude, em estado bruto e selvagem. Bem ao meu estilo. Tal como eu gosto! Natureza pura e crua! Não me aborreçe o pó nos pés, as unhas sujas logo no primeiro dia, por mais que nos lavemos a pele acaba por ficar sempre encardida! Não me aborreçe o lavar a loiça como a minha avó fazia, em alguidares. Não me aborreçe o usar uma fossa como sanitário... Se todos os caminhos estão cheios de água potável, se hà fruta para onde quer que se olhe, e vegetação! Muita vegetação verde, viçosa, fresca! O ar cheira ao doce das árvores de fruto, a terra cavada e a clorofila! Tão bom!

 

Quanto à Rita adorou os mé-més de Alhões! Acordava para os ver sair para o monte e depois voltava a dormir! Acordava muitas vezes a rir com o canto dos "cacácos" (galos, galinhas...) Gostava de ir às "pilas" (não se riam, que em Alhões as pilas são as galinhas!) buscar o ovo dos "cacácos".  Não teve medo das vacas, nem das aranhas que dormiam connosco no quarto... afinal de contas eram amigas da "Maia", a abelha! Em Valverde brincou com a terra, chapinhou o quanto quis, molhou-se várias vezes... comeu cerejas e uma batata crua que tinha acabado de ser apanhada, cheia de terra e tudo! Deve ter gostado do sabor, porque a mastigou e só a vomitou quando a tentou engolir! Rita tonta! Brincou o quanto quis! E Aprendeu uma série de palavras novas:

Bôtádi! (Boa Tarde)

Ica (Ricardo)

Alhé (André)

Táia (Sara)

Pum-pum (foguetes)

Aiõs (Alhões

batata

Manã (Amanhã)

Meina (Meias)

São apenas algumas das que me recordo agora!

Regressou coradinha!

Suja! Imunda!

Com as unhas dos pés encardidas e muitas nódoas na roupa!

Mas muito, muito feliz!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D