Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sou Mais Eu...

Sou Mais Eu...

06.02.17

É esta a realidade do nosso país...

soumaiseu

Estivemos hoje, eu e o filho, numa dependência da Santa Casa da Misericórdia na tentativa de saber informações e procedimentos: isto de ter em casa um familiar com Demência não é pera doce e mais tarde ou mais cedo teremos, inevitavelmente, de tomar outras medidas por muito que isso nos desagrade. Explicámos a situação à funcionária, qual o grau de demência, comportamentos, que não pode estar sozinho porque não se alimenta nem toma a medicação por si mesmo, que se desorienta e se perde na rua, que tem períodos de alucinação e deambulação noturna...

- Que idade tem o pai?

- 73

- Onde vive?

- Neste momento connosco.

- A morada do pai?

- Olivais (e demos a morada concreta)

- E agora está onde?

- Connosco, em Moscavide. 

- Isso é Loures...

- Certo.

- Há quanto tempo está o pai com vocês?

- Desde finais de Agosto.

- O pai tem cá ficha?

- Não.

- E a mãe ou algum de vocês tem cá ficha?

- Também não...

- Está bem, eu vou ver se as minhas colegas assistentes sociais já cá estão e vou confirmar com elas o que podemos fazer nesta situação. Dêm-me uns minutos por favor. 

Enquanto esperávamos a questão da ficha não me saia da cabeça. Que raio de insistência nessa questão. Se a pessoa nunca precisou de recorrer a esta Instituição obviamente que não tem ficha. E só se ajuda quem tem ficha, é? Parece que sim porque a senhora regressou com informações nada agradáveis de se ouvirem:

- Bem, neste caso, como o pai está com vocês desde Agosto já não podemos fazer nada. O pai pertence a Lisboa mas neste momento está na vossa casa que pertence a Loures. Não temos ação em Loures. Tentem junto da Ação Social de Câmara Municipal de Loures ou junto da Segurança Social....

- Desculpe - disse eu - ele está efetivamente connosco porque não pode estar sozinho, qual era a alternativa? Mudar-nos de malas e bagagens para casa dele? Tivemos de o trazer para ao pé de nós...

- Pois eu entendo, mas como ele já está convosco desde Agosto já não podemos fazer nada...

Olha que merda! Basicamente o que a senhora nos quis dizer foi que se nós temos tido capacidade de tomar conta dele até agora na nossa casa e se nos temos amanhado e temos de alguma forma vindo a conseguir fazê-lo, então vamos ter de continuar assim porque dali não vamos obter qualquer tipo de apoio ou ajuda. É esta a vergonha do nosso país. Vi lá cidadãos de etnia cigana a serem atendidos, a quê não sei nem me interessa, e se precisam de ajuda acho muito bem que lha deem, a questão é que essa ajuda é entregue muitas vezes de forma errada e a quem menos precisa. E reparem, nós não fomos pedir dinheiro ou qualquer bem material, só queríamos saber como funciona, o que teríamos de fazer quando chegasse a hora e onde nos dirigir. E nem isso foram capazes de nos indicar. É esta a realidade do nosso país! Uma vergonha! 

22.04.15

Tabuadas....

soumaiseu

A minha filha não decora a tabuada... já experimentámos o método de cantar a tabuada, ler várias vezes até ficar gravado no cérebro, escrever mais vezes do que seriam necessárias... nada! Até a levámos a Fátima! LOOOOOL... Nada a faz decorar o raio da Tabuada. Já fizemos isto tudo com muito afinco... depois pensámos em fazê-lo mais levemente... nada! A miúda não memoriza... sabe a do 2, a do 5 e as outras só lá vai se forem todas ditas de enfiadinha e contando pelos dedos! Socorro! Preciso de ajuda.... Dicas, alguém tem? Muito agradecida!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D