Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

As Histórias da Minha Avó...

 

 

 

 

Ontem contei à minha Rita uma história que a minha avó me contava a mim e à minha prima e que fazia as nossas delícias... lembro-me dela sentada num trapeço, à lareira, com as suas vestes escuras e o seu ar cansado...

- "Avó! Conta-nos uma história!

- Não me lembro de nenhuma! - dizia em ar de desculpa.

- Vá lá avó! Conta! - Insistiamos...

- Ai a porra! Está bem! Qual querem? A da Velha, do Lobo e da Cabaça"?

 

E assim começava o conto:

 

A Velha, o Lobo e a Cabaça

 

Era uma vez uma vez uma Velha, muito velha, muito velha! Essa Velha tinha uma filha que tinha casado com um fazendeiro muito rico e que vivia muito longe. Um dia a filha teve um menino e mandou-a chamar para ir ao Baptizado. A Velha ficou triste. Estava muito velha, a viagem era muito longa, e tinha de atravessar o mato... Mas queria ver o netinho e então resolveu ir ao Baptizado.  Arranjou as coisas e lá foi ela.

Quando ia a meio do caminho encontrou um grande lobo que a queria comer. A Velha tentou fugir-lhe da melhor maneira que conseguia, e quando ele se preparava para a comer a Velha disse-lhe assim:

- Ai, Senhor Lobo! Não me coma! Por favor!

- Vou-te comer! - Respondeu o Lobo com voz cavernosa!

- Por favor! Sou pequena, muito velha, magra e rija. Estou a caminho do Baptizado do meu netinho... se não me comer agora quando regressar, venho de barriga cheia e mais gordinha...

O Lobo achou que era um bom negócio! Deixou a Velha continuar a sua viagem e ficou à sua espera no caminho, para depois a comer, já com mais carninha!

 

A Velha lá foi ao Baptizado. Viu o netinho e ficou feliz por isso, mas mesmo assim estava muito triste. Quando chegou a hora de regressar, despediu-se da filha entre lágrimas:

- Adeus, minha filha! Que sejas sempre feliz! Pois eu vou-me embora e nunca mais me tornarás a ver....

Sem perceber o que se passava a filha perguntou:

- Então, mãe? Porquê?

E a Velha contou-lhe a sua triste sorte e o que tinha acontecido pelo caminho...

Mas a Filha teve uma ideia. Ao pé delas estava uma carroça cheia de grandes cabaças. A filha pegou numa, entregou-a à mãe e disse-lhe:

- Quando chegar à parte do caminho onde vive o Lobo, a mãe mete-se dentro da cabaça, e fá-la rolar pelo chão...

 

E a Velha assim fez... Quando o Lobo viu uma cabaça a rolar obrigou-a a parar e perguntou com a sua voz furiosa:

- Ouve lá, ó Cabaça! Tu não viste por aí nenhuma Velha?

E a Velha de dentro da cabaça, com voz de trovão respondia enquanto rolava o mais depressa que conseguia:

- Não vi Velha nem Velhinha,

  Não vi Velha nem Velhão!

  Roda, roda Cabacinha,

  Roda, roda Cabação!

 

E assim a velha chegou sã e salva ao seu destino!

sinto-me: Saudades! De quem já volta!
publicado por soumaiseu às 12:31

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. As Histórias da Minha Avó...

.últ. comentários

Obrigada pelas tuas palavras.... Estou a tentar, j...
Obrigada Nuno... 😢
Estás a ter um dia daqueles que todos os temos de ...
Conheço bem esse sentimento e uma destruição perma...
Muitos parabéns á Rita. Eu cá acho que não é só po...
Oh muitos parabéns ;)É sempre um orgulho!
As tendinites custam muito, o meu marido tem no om...
Pesquisa um pouco sobre alimentação.Muitas vezes a...
Obrigada! Este ano correu bem. Se bem que o meu ob...
Que bom! Foi um bom trabalho neste ano letivo! Que...

.favoritos

. Lembranças...

. Quando a personagem princ...

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds