Terça-feira, 12 de Abril de 2016

Gentes...

Nas férias da Páscoa cruzei-me com uma senhora cega já com os seus 65/70 anos que muito provavelmente tinha cegado recentemente. Ia eu a conduzir o carro a caminho da casa dos meus pais quando, numa rua bastante larga, vejo uma senhora forte, de bengala de cego na mão, no centro da estrada, a descer por ali abaixo como se fosse um enorme passeio. Um carro que vinha no sentido contrário aproximou-se dela com cuidado e percebi pela sua reacção que provavelmente o condutor a deve ter alertado para o facto de estar no meio da estrada. Disse à minha filha que estava comigo "Vou parar e vou ajudar aquela senhora...". Parei o carro em segunda fila mas não cheguei a sair de dentro dele porque entretanto a senhora já vinha na minha direcção. Optei por esperar que ela chegasse ao passeio. Quando se cruzou comigo deu uma traulitada no meu retrovisor entortando-o. Da boca saiu-lhe uma resmunguice ordinária por estar um carro parado ali no meio... Perguntei-lhe se queria que a ajudasse a ir para o passeio. Com uma voz forte equivalente ao seu ar grande e rude respondeu-me que não era preciso, "... vou só ali ao café." O café ficava dois quarteirões abaixo. Não me agradeceu e seguiu o seu caminho. Fiquei com pena e ao mesmo tempo irritada. Aquela mulher recusou a minha ajuda. A sua teimosia parece-me ser o seu grande motor, é aquilo que provavelmente a faz avançar. Cega, teria tudo para ser uma coitadinha, mas parece-me que acontece precisamente o contrário. Tenho-me lembrado dela muitas vezes. Se nós tivéssemos pelos menos um pouco da sua resistência e força de vida tudo seria muito mais fácil. Ou não. Se calhar não seria mais fácil mas pelo menos estaríamos focados em nós próprios em vez de andarmos a escravizar os outros em nosso beneficio...

- Mamã, a senhora nem te agradeceu... podia pelo menos ter-te dito obrigada. Quer dizer paraste o carro para a ajudar, entortou-te o espelho e ainda disse um palavrão, e nem te agradeceu...

- Ritinha, não faz mal! Fiz o que achei que devia ser feito, achei que podia ajudar. O que importa é agirmos de acordo com aquilo que sentimos. Eu fiz a minha parte. O ela não ter aceitado a minha ajuda é um problema dela... não meu. Vamos ter com os avós? 

- Vamos!

 

sinto-me: Pensativa!
publicado por soumaiseu às 10:24

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. E hoje estou que não poss...

. E quando a saúde falta...

. Ritanhês: Quadro de excel...

. Saudades de mim...

. Papoilas...

. Ritanhês...

. Análises...

. Perguntam-me...

. Ritanhês...

. 11 anos!

.últ. comentários

Obrigada pelas tuas palavras.... Estou a tentar, j...
Obrigada Nuno... 😢
Estás a ter um dia daqueles que todos os temos de ...
Conheço bem esse sentimento e uma destruição perma...
Muitos parabéns á Rita. Eu cá acho que não é só po...
Oh muitos parabéns ;)É sempre um orgulho!
As tendinites custam muito, o meu marido tem no om...
Pesquisa um pouco sobre alimentação.Muitas vezes a...
Obrigada! Este ano correu bem. Se bem que o meu ob...
Que bom! Foi um bom trabalho neste ano letivo! Que...

.favoritos

. Lembranças...

. Quando a personagem princ...

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds