Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sou Mais Eu...

Sou Mais Eu...

01.03.16

A melhor amiga...

soumaiseu

Ontem na escola, a Margarida trouxe uma pulseira da amizade, daquelas que tem um coração com "Best Friends" gravado que se divide ao meio e depois se dá à melhor amiga. Só que a melhor amiga seleccionada não foi a minha petiz. A pulseira foi dada a outra menina. À saída da escola a Margarida gabou-se do quanto tinha sido cara a pulseira, que era "bué cara, mesmo!". Ora a minha Rita ficou muito aborrecida e pediu-me uma pulseira daquelas para partilhar com a melhor amiga do Rancho, a Ana Maria. Queria que a Margarida percebesse que ela também tem uma melhor amiga. Disse-lhe que não, e tive de me explicar.

Expliquei-lhe que o conceito de melhor amiga é algo que muda muito, principalmente quando se tem 8/9 anos, e que para sermos a melhor amiga de alguém tem se ser uma relação bilateral, é como se tivéssemos uma recta, na ponta da recta estamos nós e na outra ponta, no extremo oposto está a nossa melhor amiga. É tão raro que ao longo da vida ganhamos e perdemos melhores amigas mas que isso é bom, porque as que ficam são as que são mesmo as amigas a sério, as que valem a pena, e vão ser muito poucas. Podemos ter muitas amigas e ainda mais amigas conhecidas, mas a melhor amiga não se "compra" com pulseiras. Tem de ser 100% de confiança, é a primeira pessoa a quem contamos o que quer se seja, aquela que sabemos que não conta os nossos segredos, que nos ouve, que nos seca as lágrimas, que nos entende. Mas também é a que nos ralha se estivermos a fazer algo incorrecto, e a que fica feliz por nós, pelo nosso sucesso e não com inveja porque tirámos melhor nota do que a dela, ou porque temos uma roupa mais bonita que a dela, ou um brinquedo mais caro que o dela. A minha petiz percebeu que a história da pulseira não é assim tão importante. Ficou triste. Chorou. Mas acho que cresceu mais um bocadinho.

Se era preciso este meu discurso todo? Se calhar não. Se calhar dei mais importância do que devia, mas educo a minha filha por instinto e a mim pareceu-me ser a altura certa. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D