Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Espiritualidade

 

                    

 

Hoje vou falar de Deus!

Não sob a forma de sermão secante até desesperar, mas vou falar de Deus na primeira pessoa.

?????? Como?  

Cá vai: fui educada na religião católica, fiz a Catequese e todas as cerimónias que a mesma implica. Mas comecei desde muito cedo a questionar todos os dogmas que me foram ensinados.... mais uma vez a minha avó foi responsável por esta situação porque cresci a ouvi-la contar uma história veridica que se passou com ela num tempo em que a fome era a sua melhor companheira. Era ela miúda, o Senhor Padre chamou-lhe a atenção para o facto de ter roubado um bocado de pão para comer, porque roubar era pecado. Contudo, a mesma atitude foi levada a cabo pela filha do mais rico da aldeia, mas com a desculpa que o pão se destinava aos pobres.... e assim o pecado desaparecia... Cresci a questionar-me que Deus era este que nos obrigava a ir à Igreja, e que tinha duas medidas para cada situação.... Que Deus era este que dava o perdão aquelas velhas beatas que passavam os seus últimos dias enfiadas na Igreja como se fossem ratos de Sacristia, mas que no Adro da aldeia destruiam a vida dos outros com tamanha perícia. Que gente era aquela que não era capaz de estender uma côdea de pão a um pobre animal faminto.... Tudo isto me fazia muita confusão! Aquele não era um Deus que me agradasse, não era o Deus que eu queria para mim! Cresci a ir escassamente à Igreja, tal como a minha avó só lá ia nos dias de festa. E fui desenvolvendo a minha própria espiritualidade. Acredito em Deus mas nos meus moldes. Acredito num Deus mais justo. O meu Deus é misiricordioso infinitamente. Para mim ir á Igreja nunca deve ser uma obrigação e por isso só lá vou quando sinto necessidade de o fazer. Gosto de lá ir quando não está lá ninguém...  Deus tem vindo a puxar-me cada vez mais para junto dele.... desde que nasceu a Rita sinto-me profundamente agradecida pela dádiva que me deu. Pela menina linda e inteligente que é! Por tudo o que passei durante a gravidez, hoje sei que Deus esteve sempre ao meu lado, dando-me a força necessária para erguer a minha cabeça as vezes que foram necessárias. Hoje agradeço a Deus a vida que tenho. A minha familia. Os meus amigos, a minha Rita.

E hoje tenho a certeza: posso não ir à missa todos os domingos,

mas o meu Deus está sempre comigo.

sinto-me:
música: Abençoa senhor as familias, Amén!
publicado por soumaiseu às 09:47

link do post | favorito
De AALADOSNAMORADOS a 21 de Julho de 2008 às 01:56
São,
hoje vou dirigir-te umas palavras que, mesmo podendo discordares delas, peço-te que as aceites com a sinceridade com que as escrevo.
Muitas vezes passamos a vista por certas coisas e nem damos por elas.
Aconteceu-me a mim, relativamente ao conteúdo do teu Blog.
Mas hoje, com mais calma, ao mais uma vez “passar os olhos” deparei com a frase Espiritualidade, a qual, por me ter chamado a atenção, fui ler o seu conteúdo.
Li com atenção em especial no que se refere à tua avó. Não vou aqui questionar a tua interpretação mas, devo dizer-te que também não devemos confundir a Árvore com a Floresta.
A Árvore , era e continua a ser o Padre; a Floresta, era e continua a ser DEUS.
Sempre numa Floresta houve “más Árvores”, mas nem por isso a Floresta deixou que a maioria das Suas Árvores o fossem.
São, eu também não vou á Igreja para agradar aos outros ou porque seja “bonito ir”.
Vou porque lá me sinto bem. Muitas vezes entro quando lá não há ninguém; sinto-me bem; sinto-me em paz.
Contudo, também gosto de entrar quando a Igreja está cheia; sinto que, se não a totalidade, pelo menos a maioria das pessoas, vão lá porque sentem necessidade, tal como eu.
Não foi a tua avó que prevaricou. Quem prevaricou foi o Padre que não teve a capacidade de se integrar no meio em que vivia.
Todos nós em certos momentos das nossas vidas, questionamos a Bondade de Deus. É que nós não podemos compreender certas coisas que se passam ao nosso redor e, por isso, não raras vezes fazemos a pergunta:«Como é que Deus consente isto?».
Mas São, ou temos FÈ ou não temos.
Quanto ao perdão, não era Deus que o dava à filha do Rico; era o Padre que certamente comia na casa do Rico, que dizia que dava o perdão.
Só há um Deus, São. Esse é Misericordiosos e só fala através dos Padres que sabem interpretar os Seus Ditames e as Suas Leis.
Deus não quer que vamos à Sua Casa por obrigação, mas sim por Devoção.
Mas não nos devemos esquecer que a Igreja é a verdadeira Casa de Deus e que mesmo Jesus Cristo não andava só. Arranjou Companhia. Chamou os Apóstolos.
A Igreja São, não é um Edifício. A Igreja somos nós; nós somos o Povo de Deus; nós somos a Igreja.
Também durante a minha vida já encontrei al gnus Padres com os quais não concordo. Mas penso cá para mim: este é um homem como eu, portanto também tem direito a errar.
Por outro lado, e em especial aquando dos Actos Litúrgicos e se o comportamento não me agrada, tenho para mim esta máxima:«Olha para o que eu digo e não para o que eu faço».
Esta São é a interpretação que dou ao teu postá e que me sugere este comentário.
Desculpa a massada.
Um beijo
Afonso
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. E hoje estou que não poss...

. E quando a saúde falta...

. Ritanhês: Quadro de excel...

. Saudades de mim...

. Papoilas...

. Ritanhês...

. Análises...

. Perguntam-me...

. Ritanhês...

. 11 anos!

.últ. comentários

Obrigada pelas tuas palavras.... Estou a tentar, j...
Obrigada Nuno... 😢
Estás a ter um dia daqueles que todos os temos de ...
Conheço bem esse sentimento e uma destruição perma...
Muitos parabéns á Rita. Eu cá acho que não é só po...
Oh muitos parabéns ;)É sempre um orgulho!
As tendinites custam muito, o meu marido tem no om...
Pesquisa um pouco sobre alimentação.Muitas vezes a...
Obrigada! Este ano correu bem. Se bem que o meu ob...
Que bom! Foi um bom trabalho neste ano letivo! Que...

.favoritos

. Lembranças...

. Quando a personagem princ...

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds