Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sou Mais Eu...

Sou Mais Eu...

24.05.10

O primeiro dia de praia....

soumaiseu

Acho francamente que o Verão já não é, nem nunca mais voltará a ser como era quando eu era miúda... Nessa altura o calor vinha aos poucos e vinha para ficar. Agora vem e vai quando bem lhe apeteçe, tem preferencia pelos dias de semana, como quem gosta de irritar os pobrezinhos que trabalham, e ao fim de semana que é quando o Zé Povinho tem tempo para ir à praia molhar o pé, toca mas é a ir-se embora que a semana foi muito quente e o Sr. Calor está muito cansado! Ora eu, que não suporto calor e adoro água, e também porque tenho essa facilidade, desde que a Rita nasceu que tento sempre que possivel aproveitar estes dias de calor surpresa.  E por isso, na sexta-feira de tarde lá fui eu um bocadinho à praia com a miúda, matar saudades de algo pelo qual ela andou o Inverno todo a reclamar...

Para os mais esquecidos, lembro-vos que a minha Rita não gosta de areia nos pés... usa meias turcas na praia... e recusa-se a entrar na água porque não quer molhar as ditas meias... O ano passado, numa das nossas últimas idas à praia com a Tia Ana, o Tio Sérgio e o Pedrocas, no meio da brincadeira a Rita esqueceu-se das suas reticências e acabou o Verão a brincar com a areia e dentro de água, mas com as meias nos pés, claro! Este ano resolvi fazer-me de parva para ver como as coisas corriam... levei a Rita com uma imitação de "Crocks" calçadas e toca a entrar pelo areal a dentro... Assim que a Catita sentiu a areia nos pés abriu um berreiro daqueles... "Mamã!" - gritava ela em pranto - "Teno aiéia no pé..." Pronto! Lá tiveram de regressar as benditas meias! Com os pés dentro das suas amiguinhas e de "Crocks" enfiadas lá foi ela pelo areal. Chegou, sentou-se à sombra do chapéu de sol e começou a fazer os bolinhos e os montinhos e todas aquelas coisas com a areia que tinha aprendido o ano passado com o Pedrocas... Dessa parte ela não se esqueceu! Até conseguiu trazer para casa areia na cabeça e tudo! Tal como o Pedrocas! Mas para ir à água a cantiga já era nossa conhecida... "Mãe! Quéu áua no meu bali!" Lá fui eu buscar água no balde... "Mãe! Quéu moiá o pés!" Então anda! - e dei-lhe a mão. "Não! Coli! Coli!" (=colo, colo). Peguei nela ao colo....  "E agora como fazemos isto?" , perguntei-lhe.  "Mãe! Tia ach méia!" Tirei as meias, molhou os pés só nas ondas... pézinho no chão em cima da areia isso é que não! Quando já estava satisfeita, "Mãe! Quéu i pó chão!", "Então vai!", disse-lhe eu mais uma vez a fazer-me de parva. "Mãe, pôim ach méia! (=Mãe, põe as meias)

Estou feita!!!!!!!! Já viram a minha vida? E quando lhe disse que os outros meninos, alguns até mais novinhos do que ela, andavam descalços na areia sem meias, sabem o que ela me respondeu?

- "Eu shei! Mas eu num góto!"

E pronto! Está tudo dito! Não gosta, não gosta!

Mai nada!

17.05.10

Mais uma da Rita...

soumaiseu

 

Os miúdos não tem noção do que é politicamente correcto ou não dizer-se.... Vejam só o que ontem à noite nos provocou dores de barriga cá em casa de tanto rirmos...

 

O Pai levou a Rita aos "À-às" (= baloiços). A Rita andou por lá grande parte da tarde. Veio para casa... reclamou que ainda faltava ir outra vez aos "à-às altos" e por isso o Pai fez-lhe a vontade e voltou a sair com ela para a rua... Regressou "podi" (=podre de cansaço) e esfomeada porque nem sequer quis lanchar, tão agradável que estava a brincadeira.  Quando estavamos a jantar perguntei-lhe:

 

- Então, conta lá à mamã, que fizeste nos à-ás?

- Tava lá ua ninina... (= estava lá uma menina)

- Bébé como tu ou mais crescida?

- Ua ninina gandi... (= uma menina grande)

- Como se chamava a menina?

- Um shei... (= não sei)

- Então não perguntaste o nome à tua amiga?

- Lara - respondeu o pai...

- E andaste a brincar com ela, foi?

- Shim.... A ninina fazia achim... abia a pénas.... (= sim...  a menina fazia assim... abria as pernas...)

- A menina abria as pernas?! ????? E tu gostaste de brincar com ela?

- Shim puque a ninina abia a pénas! (= sim porque a menina abria as pernas!)

- Abrias as pernas como?

- Achim.... abia a pénas.... (= assim.... abria as pernas...)

 

O pai explicou que a Lara se sentava no escorrega, abria as pernas e punha a Rita sentada à sua frente.... Era só isto que a nossa Catita nos est vava a tentar dizer... LOLOL

06.05.10

Nova actuação do rancho...

soumaiseu

Desta vez vai ser já no próximo Sábado, dia 08, na Associação Asseiceirence, nos Olivais, na Rua da Centeeira. Fica entre a Expo Sul e a Avenida Infante D. Henrique, quem vem da Rotunda de Cabo Ruivo, vira na primeira à direita e novamente na primeira à direita. Pelas 17 Horas. 

Fico à vossa espera! Dos que já viram, gostaram e querem voltar a ver, e dos que andam desencontrados do nosso rancho...

06.05.10

A questão dos xixis...

soumaiseu

 

Rita - Pai, puqé qi fachis xixi im pé?

         (= Pai, porque é que fazes xixi em pé?)

Pai - Aaaaahhhhmmmm....

Mãe - (Da cozinha) Diz-lhe a verdade...

Pai - Porque os homens fazem de pé que é para sujar a casa de banho toda e vocês, mulheres, chatearem-nos a cabeça...

 

Contra factos não há argumentos.... Quando o Pai acabou a explicação a Rita já se tinha vindo embora!

02.05.10

E porque hoje ainda é Dia da Mãe...

soumaiseu

 

Quando o estava grávida li tudo o que havia para ler sobre gravidez, bébés, como tratar deles, o que fazer, como vestir, como dar banho... enfim! Li tudo o que me poderia ajudar, absorvi todo o tipo de informação disponivel... e a dada altura li já não sei bem onde que "Quando nasce uma criança nasce também uma mãe...." Será? - pensei.... Nada poderia ser mais verdadeiro! Passei nove meses orgulhosa da minha enorme barriga, a imaginar como seria a menina que eu trazia dentro de mim, a questionar-me se ela já reconhecia a minha voz e a do pai, como seria tratar dela, se seria capaz, se seria muito dificil, o que faria quando ela chorasse com cólicas ou quando estivesse doente... tantas dúvidas, meu Deus! Tantos receios! E quando ela nasceu, eu nasci também, como mãe! De imediato e no instante em que a vi! Veio tudo naturalmente, como se sempre soubesse o que fazer... tudo estava guardado em mim simplesmente eu não o sabia! Como acredito que nenhuma de nós o saiba muito bem até ter o primeiro filho!

 

Porque ser mãe é uma dádiva de Deus!

Porque nem sempre é fácil mas porque o fazemos diariamente com todo o amor que temos dentro de nós e com toda a paciência do mundo...

 

A todas  as mães!

À minha mãe em especial...

A mim e a todas vocês...

 

Um resto de dia muito feliz!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D