Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sou Mais Eu...

Sou Mais Eu...

29.03.10

Rancharicando!

soumaiseu

And The Winner is....  RANCHO FOLCLÓRICO E ETNOGRÁFICO DA CASA DO CONCELHO DE CINFÃES!!!!

Foi um espectaculo esta nossa actuação! Correu bem, não me enganei em nada, não troquei os passos nem sequer fiquei nervosa! O que também não me espantou porque estava muito segura de mim! Foi giro! Tão giro que mal posso esperar pela próxima actuação, a 18 de Abril, desta vez em Chelas!

No sábado o marido foi a uma futebolada com jantarada de homens só de Alhões. Eu fui ao jantar ao chinês com a Ana do Rancho e a Dina. Se os homens saiem porque é que nós temos de ficar em casa? Pois é! Eu regressei como saí... ele chegou lesionado de um pé! Parece que tentou partir o pé na relva mas a coisa não lhe correu bem como ele esperava. LOL! Ainda assim, no domingo, lá fomos nós para a nossa actuação.

Esta actuação teve um sabor a excurção porque fomos todos numa camioneta grande gentilmente cedida pela Junta de Freguesia de Marvila... Claro que a Rita adorou andar na "támineta"... E eu também! Quando nos sentamos numa posição diferente da que temos quando conduzimos os nossos carros temos também uma perspectiva diferente... descobri uma casa.... mas que rica casa! Com lago, ponte sobre o lago e tudo a que uma mansão tem direito! Gira! Gira! Gira!

A viagem foi curta mas com muita animação... A D. Mabilde não parou de traulitar as suas canções umas mais malandras do que outras! Chegámos, pensávamos nós, cedo.... errado! A actuação estava marcada para as 16.30 h, mas afinal o programa de festas tinha outros planos... por isso, rapidamente percebemos que estávamos já fora da hora! "Vamos já actuar!" - gritou o Duarte.

E assim foi! Dançamos, muito bem quanto a mim, a Ana apresentou o grupo e também os nossos costumes, as nossas ferramentas e as nossas crianças dançaram para deleite dos que assistiam... correu bem!

Mas o mais agradável foi ver o meu amigo Afonso e a sua esposa Arlete no público! Há pessoas a quem nos afeiçoamos sem sabermos bem porquê... quando a empatia surge, não há nada a fazer! O Afonso, apesar dos problemas de saúde que tem tido, está com bom ar, fresco! Claro que o ter cortado a barba também ajudou! Perdeu um bocadinho aquele ar de avô babado que tinha e que eu tanto gostava, mas ganhou o típico ar do Tio mais velho! Está giro, e está bem! E isso é o que me deixou mais contente! Parece que também gostou do nosso rancho (vejam o seu comentário no post anterior). Ainda bem! 

 Fizémos boa figura!

 Como eu costumo dizer "Somos porreiros, somos giros e dançamos bem!"

 Dia 18 de Abril há mais!

Em Chelas!

 

"Tu partiste com saudade.....

.........

Vai tu, ora vai, vai, vai

Vai tu, ora pois então,

Vai tu dizer ao teu pai

Que o Manel não vai sem ter um balão!

....................."

26.03.10

Nova actuação do Rancho...

soumaiseu

........ Estou com internet intermitente, que só funciona quando quer, tenho a Rita doente com tudo e mais alguma coisa e por isso o meu tempo é muito, muito curto... Mas regresso muito rapidamente, quase à velocidade da luz, apenas para avisar todos os meus amigos e/ou leitores, que se estiverem interessados em ver a malta dançar, o Rancho da Casa do Concelho de Cinfães vai actuar já no próximo domingo, dia 28, pelas 16.30 H, no Colégio dos Maristas em Benfica (Lisboa). Vamos ser o único rancho presente, por isso a actuação vai ser bastante longa e completa... Venham ver! Já que mais não seja para me verem ficar nervosa e trocar os passos todos! LOL!!!!

 

Fico à vossa espera!

14.03.10

Ritanhês... as últimas!

soumaiseu

 

 

- Té! Num podis igar a ivizão... gata pilas, Té!

(=Té! Não podes ligar a televisão... gasta pilhas, Té!)

 

 

- Ai a méda!

(= Ai a merda!)

- Ritinha! Isso não se diz!

- Puquê?

- Porque é uma palavra feia, há coisas que não se dizem... porque cheiram mal. E tu não queres cheirar mal pois não?

Uns dias mais tarde:

- Mamã! Num ô izer máx cosa... xeda mai!

(= Mamã! Não vou dizer mais coisa... cheira mal!)

- Linda! As meninas lindas não dizem palavras feias!

- Mamã! Ópois eu vou ilhar cu meu avô Tó, diche cosa teia mal....

(= Mamã! Depois vou ralhar com o meu Avô Tó, diz coisas que cheiram mal...) Tá-se mesmo a ver com quem é que ela aprendeu!

 

Cá em casa temos um pequeno jardim zoológico. Em Janeiro a minha mãe teve de fazer um tratamento no IPO que implicava ficar isolada durante 4 dias, e por isso a Tucha, a gata da minha mãe, veio cá para casa e acabou por ficar. A Tucha tem um cio terrivel, daqueles que se ouvem no quarteirão todo. Quando ela mia desalmadamente, o nosso Doggy ladra-lhe, e como a gata consegue ser mesmo chata e irritante, normalmente nós recompensamos o cão com uma festa na cabeça e um caloroso "Lindo! Cão lindo!". A Rita reteve a informação e passou a usá-la. Ora vejam:

 

- Mamã! Keio tiáis com letche...

(= Mamã! Quero cereais com leite...)

 Ponho-lhe os cereais à frente.

- Linda, mãe!

 

- Mamã! Keio letche kiaké...

(= Mamã! Quero leite com chocolate...)

Aqueco-lhe o leite, e pergunto-lhe quem pôe as colheradas de chocolate em pó e quem as mexe...

-Tu!

OK. Faço as minhas tarefas, ponho o chocolate e mexo... como não entornei nada nem fiz nenhuma porcaria...

- Linda, Mãe!

É a minha recompensa!

 

- Papá! Keio vei a Maia...

(= Papá quero ver a Maia...)

O pai pôe o DVD da Abelha Maia.

- Lindo, pai!

Mais uma recompensa!

 

- Mamã! Keio ie a Alhões, à tia, tem a mina Maiota!

(= Mãmã! Quero ir a Alhões ver a minha Marota!)

(A Rita sempre que fala com as Tias do Norte aproveita para pedir uma Marota, uma cabrinha branca igual à da Heidi. Lembram-se? Há tempos a Tia Marfida disse-lhe que tinha nascido uma Marota mas que não era branca, era amarela. A Rita não se importou muito...

- Ópois naci uma banca!

(= Depois nasce uma branca!)

Tenho-lhe dito que tem de deixar as chuchas, porque já está a ficar crescida e as meninas grandes não usam chuchas... Temos na família uma prima que está grávida, e aproveitei isso para lhe dizer que quando nascesse o bébé da Tânia a Rita tinha de dar as chuchas ao bébé. Resposta da Rita:

- Não chixo mãe! Ópis amos a Alhões e eu dô a minas chuchas à mina Maoita!

(= Não preciso, mãe! Depois vamos a Alhões e eu dou as minhas chucas à minha Marota!)

 

Sabem o que vos digo? Esta Marota é uma sortuda! Parece que vai ganhar as chuchas da Rita, e ainda vai ter direito a umas bolachas de chocolate que a Rita anda a guardar religiosamente para lhe dar quando lá fôr! Há cabras com muita sorte!

 

05.03.10

Vampiros...........

soumaiseu

 

Esta manhã, vinha eu agarrada ao volante, quando ouvi uma anúncio da Maxman que associava a capa desta semana ao tão em voga conceito de vampiro... Fiquei espantada por a mania da "vampiragem" já ter chegado ao mundo das revistas, independentemente de serem masculinas ou femininas! Por outro lado, se até já temos novelas associadas ao tema, porque não revistas? Para que se saiba, adoro ler, mas detesto tudo e qualquer texto que tenha a ver com este tema. Na verdade, estou a ficar um pouco farta de ser bombardeada por todos os lados com perguntas do tipo "Já leste o Crepúsculo?... E o não sei quantos? E mais este e aquele? ... Mas não assusta, é uma história de amor..."  RRRRRRR!  Quero lá saber se os vampiros andam aos beijos ou à estalada! Não li, nem vou ler! Leio outras coisas quanto a mim bem mais interessantes. E agora pergunto eu: esta gente que tanto apregoa este tipo de literatura, por acaso, em alguma circunstância, parou para tentar ler aquilo que EU gosto? Pois é! Então porque haveria eu de ler sobre vampiros se não gosto? Não gosto, tenho medo. Sim, ouviram bem! Este tipo de assunto assusta-me. E então? Não vejo filmes de vampiros, não gosto de cenas com vampiros, nem novelas, nem telenovelas, nem fotonovelas. Não gosto e pronto! Agora se não se importam, por favor!

PAREM DE ME ABORRECER COM OS VAMPIROS!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D