Lilypie Kids Birthday tickers
Quarta-feira, 2 de Agosto de 2017

Ritanhês (On hollidays com Explorador)

No último dia de ginástica desencontrei-me com a professora porque esta não se lembrou de mandar um e-mail a avisar que a última aula seria no Jardim público e não dentro do ginásio como era habitual. Fiquei furiosa, desiludida porque o ano passado até tinha a "rapariga" em boa conta, mas este ano a moça resolveu aparvalhar... A minha filha, reparando na minha fervura resolve deitar-lhe água:

- Eu passo a vida a ter desilusões, queres mesmo ficar assim? 

(E assim se acorda para a realidade...)

 

Pus uma foto da Rita numa moldura para pendurar na parede...

- Mamã, tu vais-me empalhar? Na parede, mãe?!

(?????????????)

 

Na viagem a caminho do Algarve:

- Quando chegarmos vamos às compras.

Diz o sogro: 

- Compras? Não. Agora vamos comer qualquer coisa leve que é para manter a linha, não se pode engordar... Eu já emagreci alguma coisa...

- Sim - respondo-lhe eu - Você está muito magro... Já esteve já! Agora como você diz "está bem bom" ...

- Bom para assar e cortar às rodelas... - responde a Rita (quando o sogro veio cá para casa estava muito magro, agora recuperou o peso por completo e está bem mais gordinho)...

 

publicado por soumaiseu às 16:17

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Julho de 2017

Pulseira (Ritanhês)...

IMG_20170628_130651.jpg

Quando se tem uma filha tão prendada é difícil não andar na moda... Olha que linda pulseira a petiz me fez! 

sinto-me: Vaidosa!
publicado por soumaiseu às 10:44

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Maio de 2017

Ser mãe... (Ritanhês)

Lembram-se da nova amiga da minha petiz? Descobri que a miúda gosta de mandar na minha. Inventou uma brincadeira que é ser "Chefe" da minha petiz, a minha filha tem de lhe dar contas de todos os passinhos que dá, se vai à casa-de-banho, o que vai fazer, se vai ter com o Henrique ou com o Afonso, etc. Se a outra lhe disser que ela não pode ir ela não vai. Manda-a dar voltas à escola como se fosse um macaquinho amestrado, e desta forma fica com tempo livre para "conviver" com quem ela bem entende. Quando eu soube disto não gostei mesmo nada. 

- Rita, achas bem essa tua brincadeira com a Leonor?

- Mamã, é só a brincar...

- Tens a certeza? Pensa lá comigo. Enquanto tu obedeces à Leonor ela fica a brincar com quem ela bem entende e muito provavelmente a cortar-te na casaca já que fica a conversar com as gémeas e com a Carolina e a Margarida. Tu achas bem que uma amiga tua te use dessa maneira? As amigas não mandam nas outras. Quando somos verdadeiramente amigas de verdade gostamos de conversar uma com a outra, de estarmos juntas, de conviver, rimos juntas, contamos piadas, se for preciso choramos juntas. Isto é que é ser amiga. Dou-te um exemplo, eu e a Carla andámos juntas na escola e nunca fizemos isso uma à outra. Dávamos-nos muito bem e estávamos sempre que possível juntas. Nunca nos tratamos assim...

Noto um processar de informação na minha petiz. Um cair de ficha... E volto à carga.

- Faz assim, amanhã chegas à escola e dizes à Leonor que hoje és tu quem é a Chefe dela. Se a brincadeira for tão inocente e sem maldade como tu dizes ela vai concordar. Se te levantar ondas eu tenho razão e tu deves parar com essa brincadeira. Nenhuma amiga tem o direito de mandar em  ti, ok?

No dia seguinte a Rita fez o que lhe sugeri. E resultado foi este:

- Mamã, a Leonor não quis que eu fosse a Chefe dela. Tinhas razão. Ela só inventou aquela brincadeira para se poder livrar de mim e ficar a dizer mal de mim às outras. Sabes o que eu lhe disse? Que ela não tem nada de mandar em mim. Que as amigas não fazem isso umas às outras. E que já não brincava mais com ela ao "Chefe". Ela que seja Chefe dela própria se quiser... Sabes o que ela me disse? "Oh pá, Ana (Rita), uma pessoa já não se pode divertir um bocadinho... tu não sabes as dificuldades que a minha família está a passar, a minha mãe tem aquele problema, e o meu irmão agora acham que ele tem asma..." Olha", disse-lhe eu, "tu sabes que eu também tenho problemas na minha família, a minha mãe também tem asma  e tenho um avô chalupa em casa, isso não é desculpa."

E assim acabou a brincadeira. Ser mãe também é isto. Às vezes é preciso semear a semente da discórdia. É preciso abrir-lhes a pestana, e fazê-los crescer mais um bocadinho... Nem que seja à força!

sinto-me: Satisfeita com a petiz!
publicado por soumaiseu às 11:12

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 2 de Maio de 2017

A minha menina...

... está a espigar! Os 10 anos de idade trouxeram-lhe um corpo mais esguio, cada vez menos acriançado e cada vez mais adolescente. Está a crescer debaixo do meu nariz, a malandra! E eu estou novamente presa naquele ter de abrir a mão querendo mantê-la fechada... Ai Jesus! 

sinto-me: Sei lá...
publicado por soumaiseu às 18:26

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (1)
|
Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Ritanhês!

- Eu amo-te Mamã, sabias? -  Isto quando quer alguma coisa em troca... - Sabes aquela cozinha que a Leonor tem?....  

Eu sabia!

sinto-me:
publicado por soumaiseu às 11:12

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 31 de Março de 2017

Ritanhês: nova amiga!

A minha petiz tem uma nova amiga. Uma daquelas com quer sempre brincar, com quem desabafa e com quem gosta de conversar. Chama-se Leonor. Conhecem-se desde o primeiro ano, mas desde o ano passado que tem vindo a aproximar-se. E se aos 6 anos ambas se achavam mutuamente umas chatas, 3 anos depois descobrem novos pontos de contacto, novas coisas em comum, e também novas diferenças que resolvem muito civilizadamente entre elas. Eu, como mãe, estou contente. Reconheço obviamente o carácter volúvel das amizades nestas idades, mas para mim, esta relação entre as duas mostra-me que a minha filha cresceu. Já passou a fase do "A Margarida não gosta de mim, ninguém quer brincar comigo, a Carolina passou o dia todo a chatear-me e a rir-se na minha cara, as gémeas são umas estúpidas, eu hoje só brinquei com os rapazes..." Amadureceu a minha petiz. Percebeu que na vida as coisas nem sempre correm como queremos, e que quando isso acontece é melhor deixar-nos ir na corrente do que remar contra a maré. Se as pessoas não gostam de nós não temos que nos impor. Há que dar espaço. Porque dando espaço novas perspetivas surgem no horizonte. E nesse espaço que a minha filha deu descobriu uma Leonor, uma menina franzina e miudinha que fisicamente nada tem a ver com a minha matulona, mas que é em tudo muito "parecida" com a minha petiz... Cheira-me que a Leonor vai andar por cá uns bons tempos... O tempo me dará razão. Ou não. A ver vamos...

sinto-me: Satisfeita!
publicado por soumaiseu às 13:06

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Março de 2017

Ritanhês: o novo calão...

Quem tem filhos sabe que mais tarde ou mais cedo o calão inunda-lhes o linguarejar e quando menos esperamos uma frase normal é decorada com "fixes, bués, cool, muit'á frente..." Cá em casa também se usa o "Aiá" como forma de exclamação. Mas estes são os termos de calão que nos são mais ou menos familiares. Cá em casa tenho vindo a registar pela boca da petiz novas formas de calão. Ora vejam...

- Mamã, na fila do almoço o Diogo perguntou-me se lhe dava trás ou frente. Dei-lhe trás. Não dou frentes a ninguém... (1)

- Ontem ouvi a Carolina perguntar ao grupinho dela "Vamos trolar a Ana Rita?"... Olha, olha ! Ela que venha que eu é que lhe trolo o focinho... (2)

- Hoje dei uma "granda barra" à Carolina... Começaram todos a gritar "Eh, A Ana deu uma ganda barra!".... (3)

E muitas mais haverá certamente... 

Tradução

(1) Utiliza-se quando os colegas se querem pôr à frente de alguém na fila do almoço...

(2) Trolar: chatear, aborrecer, perseguir, irritar...

(3) Ganda barra: dar uma resposta merecida a alguém que estava a pedi-las...

 

sinto-me: Divertida....
publicado por soumaiseu às 18:58

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito (1)
|
Quarta-feira, 22 de Março de 2017

Nostalgia em Ritanhês...

A petiz está quase a fazer 10 anos. Uma década de vida. Olho para trás e tenho saudades. Da barriga gigante, do dia em que a vi pela primeira vez, das lágrimas que deixei sair com orgulho porque aquela era a bebe mais perfeita e linda que eu já tinha visto na minha vida. Dos primeiros passos, da primeira palavra, do primeiro sorriso. Estamos quase nos 10 anos e tenho saudades desse bebe, das horas de sono perdidas durante a noite, do "Vamos fazer um Ó-o? Quem faz Ó-ó primeiro a Ritinha ou o Azul?", "A mamã, o Azui nã..." Saudades do ar de criança pequena que se vai perdendo com o passar dos anos. Saudades dos famosos "colhacos" (caracóis de cabelo em Ritanhês), do "Ritinha teim colhacos, Mamã teim colhacos, Papá num teim colhacos..."  e do olhar de censura das pessoas que não sabendo do contexto destas palavras olhavam para nós de lado. Saudades meu amor! De ti, do que foste, e já do que és, porque sei que a partir de agora é sempre a crescer, "a vida é sempre a perder"... Num piscar de olhos serás já uma mulher. E eu estarei morta de saudades... 

sinto-me: Nostálgica
publicado por soumaiseu às 10:43

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito (2)
|
Quarta-feira, 8 de Março de 2017

Ritanhês!

Sabemos que estamos a fazer um bom trabalho quando a nossa petiz tem calor na escola:

Colegas - Tira a camisola interior na casa de banho e ficas só com a outra.

Rita - Não, que a minha mãe não deixa.

Colegas - Mas a tua mãe não sabe. Vais à casa de banho, tiras e depois antes de ires embora voltas a vestir e ela não sabe...

Rita - Não, eu não faço isso. Não vou mentir à minha mãe. Se tirasse dizia-lhe, mas não vou tirar.

E chegou cá fora e contou-me tudo... "Para quê mentir às mães se as mães têm um dedo que adivinha?" (frase da petiz). Orgulho! Muito orgulho na minha menina! A menina dos meus olhos! 

sinto-me: Orgulhosa!
publicado por soumaiseu às 20:32

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Março de 2017

Ritanhês: A chegada da Mica!

Já vos disse que os meus pais ofereceram um "cão de tropeço" à neta. Claro que eu sabia, mas na verdade nunca pensei que chegassem mesmo a vias de facto. O que é certo é que no dia 21 de Fevereiro a Mica chega à nossa casa, ao colo da antiga dona, uma senhora de pele muito branca e cabelos e lábios vermelhos. A Dona Carmen abre o casaco onde trazia escondida a cachorrinha e diz à petiz "Olha, o que eu te trouxe, é para ti, eu dou-ta..." A primeira reação da petiz foi deixar-se seduzir pela amostra de cão que lhe era posta nos braços, mas logo a seguir desatou a chorar como se não houvesse amanhã. Diz-lhe a senhora "Então meu amor? Não a queres? É tua! Não gostas dela?", mas a Rita vem ter comigo em pranto e sem nunca largar a cadela diz-me "Mamã... tenho saudades do Doggy... muitas...". Expliquei-lhe que eu também eu tenho saudades do nosso cão, muitas mesmo, na verdade tenho mais saudades do que aquelas que gostaria de ter porque ter saudades magoa muito o coração. Mas o Doggy não vai regressar. E por mais cães Labradores que tenhamos, mesmo que sejam pretos nunca haverá outro igual a ele, podem ser melhores, piores, parecidos, mas nunca serão como o Doggy porque o Doggy era único. Assim como cada um de nós é diferente e especial. "Se gostas da cadelinha deves ficar com ela". "E a senhora Mamã, fica sem ela? Vai ficar muito triste... eu não quero!" A Dona Carmen interviu "Rita, Chamas-te Rita não chamas? Podes ficar com a cadelinha, eu dou-ta porque eu tenho mais em casa, tenho a mãe e o pai dela, mais a avó, e ainda tenho mais dois bebes. Eu não fico triste. É tua se a quiseres..."

- Então assim quero, assim já quero.... é tão fofinha! 

E foi assim a reação da minha petiz. Enquanto que qualquer criança agarraria no novo amigo sem olhar atrás a minha filha deixou-se inundar por sentimentos. Por um lado a saudades do nosso Doggy que estavam lá embora eu não me tenha apercebido disso, por outro o não querer que a Dona Carmen sofresse das mesmas saudades que ela... É assim a minha menina, uma menina linda, com uma postura de vida diferente, mas que me enche o coração de orgulho! Bravo meu amor! 

sinto-me: Orgulhosa!
publicado por soumaiseu às 12:50

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.FAZ-TE YOUZZER!

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Ritanhês (On hollidays co...

. Pulseira (Ritanhês)...

. Ser mãe... (Ritanhês)

. A minha menina...

. Ritanhês!

. Ritanhês: nova amiga!

. Ritanhês: o novo calão...

. Nostalgia em Ritanhês...

. Ritanhês!

. Ritanhês: A chegada da Mi...

.últ. comentários

É verdade! Está quase, quase! ...
EU adoro!!! Tudo!!!! <3 <3 E estamos quase a...
Muitos parabéns a todas, à Rita e às mamãs por tod...
Que engraçada. Adoro esses cães.
Que fofas e a Lola está tão engraçada debaixo do ...
Que bom. É engraçado que só alguns eventos nos faz...
Ai Jesus... já me estou a ver... ela a virar-me as...
Eu sei do que falas, awuela sensação agridoce de o...
Essa é demais
breve breve conto como foi.... mas foi giro... mui...

.favoritos

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. E o Resto Que Se Lixe

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

. Às estrelinhas do nosso C...

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds