Lilypie Kids Birthday tickers
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2016

Educação...

Não me considero uma expert, nem tanto mais ou menos. Quando engravidei li tudo o que havia para ler sobre barrigas, bebes, crianças e afins. Mais tarde concluí que nenhum manual nos ensina a ser mães ou nos diz qual a melhor maneira de educar. Continuo a gostar de saber os porquês de determinados comportamentos, mas acima de tudo deixo-me guiar pelo meu instinto, mesmo sabendo que ele me pode falhar. Com esta conversa toda quero-vos contar o seguinte: a minha Rita ontem chegou-me da escola muito irritada com a inimiga de estimação, a Carolina. Parece que a coleguinha da petiz, sabendo que nós andamos num Rancho Folclórico, se deu ao trabalho de ir ao Youtube pesquisar coisas sobre nós. Acontece que a melhor aluna da turma não se entendeu com o Youtube, ou se o fez achou mais divertido andar o dia todo a infernizar a vida da minha filha dizendo-lhe que o nosso Rancho dança o Fandango, imaginem! Ora a petiz veio irritadíssima com a outra e ordenou-me que mandasse um recado para a mãe da colega para que esta chamasse a filha à razão. Não o fiz. Em vez disso mandei a petiz escrever "Casa Concelho Cinfães" num papel que hoje entregou à colega dizendo-lhe "Já que és tão esperta e entendida no assunto, ao menos vai ao Youtube e pesquisa como deve de ser... Talvez aprendas alguma coisa!" Ora o que é que me irrita a mim, mãe ferida, nesta história? Tudo! Uma das minhas constantes na educação da minha filha é ensinar-lhe o respeito pelos outros, e francamente quando vejo alguém ultrapassar os limites isso enfurece-me, principalmente se for uma criança porque isso significa que aqueles pais estão a falhar nalgum momento. Uma criança que não sabe respeitar os outros em pequena não será garantidamente um bom adulto...

sinto-me: Irritada...
publicado por soumaiseu às 14:53

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito (1)
|
Sexta-feira, 3 de Junho de 2016

Actuações!

E este vai ser um fim de semana cheio de actividade...

O Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa de Concelho de Cinfães participará amanhã, dia 04, pelas 21h, em mais um Festival de Folclore organizado pelo Grupo de Danças e Cantares do Catujal - Unhos (Loures).

No domingo, dia 05, estaremos a "jogar em casa", actuaremos no Adro da Igreja de Moscavide, das 18 às 19h, numa actuação de beneficência com vista à angariação de fundos para a construção do novo Centro Pastoral de Moscavide.

Sem nada para fazer neste fim de semana?

Saiam do sofá... venham daí! 

sinto-me: Bem disposta!
publicado por soumaiseu às 14:24

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Abril de 2016

E só para chatear...

todos os que embirram com as minhas publicações sobre o Rancho cá fica o cartaz de mais uma das nossas actuações:

12983973_1011015768968462_9216356918000318777_o.jp

Dia 25 de Abril, na Mata do Vale Fundão, em Marvila, pelas 15 h. Entre outros grupos estaremos nós: o Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Concelho de Cinfães. Saiam do sofá e venham daí! 

sinto-me: Folclórica!
publicado por soumaiseu às 12:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Abril de 2016

Hoje falo-vos da Zélia...

Surpresa Zélia! É hoje que vou falar de ti... 

Quem é a Zélia? - perguntam vocês. Bem, a Zélia é uma amiga. É uma amiga que ficou pelo seu valor. Pela sua força. A Zélia é a acordeonista do nosso Rancho e é cega. Nasceu assim, sem essa capacidade que para nós é tão necessária e vital. A Zélia não vê. Mas toca como ninguém, usa os seus ouvidos para captar a beleza do que a rodeia. Basta um som, um acorde, um assobiar, um traulitar... A Zélia sem ver vê mais do que nós vemos com a nossa visão tão "imprescindível". E vive intensamente porque ela sabe que a vida é uma dádiva e há que goza-la enquanto podemos. Tem uma voz característica. Um tanto forte, mas melodiosa e com um sorriso sempre constante. Uma presença impossível de ignorar. Entre nós ela não é a coitadinha, é uma de nós. Quem a vê pela primeira vez depressa percebe que de coitadinha ela não tem nada. Trabalha. É telefonista. E segue o meu blog em silêncio. Já sei que no sábado quererá conversar comigo sobre o que escrevo porque está sempre atenta ao que por aqui se passa. 

Mas porque é que eu vos falo da Zélia? Porque me apetecia há imenso tempo fazê-lo. Porque há pessoas que nos ensinam muito e privar com elas é um privilégio. Porque enquanto uns se fazem de desgraçadinhos e se encolhem num nicho escuro outros há que se fazem à estrada mesmo quando o percurso é "escuro". A Zélia não vê literalmente nenhuma luz ao fundo do túnel mas sabe que está lá... Nada a pára, nada a demove. É esta a nossa Zélia! Que bom fazeres parte das nossas vidas! Beijo grande....

sinto-me:
publicado por soumaiseu às 10:39

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito (4)
|
Terça-feira, 20 de Outubro de 2015

T-shirts LED

629_2427_l.jpg

 

(Retirado daqui)

Hoje dei por mim dentro do carro no estacionamento da Stapples enquanto o marido foi comprar uma resma de papel lá para a empresa. À minha frente um cartaz a anunciar T-shirts LED que funcionam a pilhas e que se acendem na presença de som, seja voz ou música. Ora dei comigo a rir à gargalhada... Lembrei-me que no nosso Rancho usamos as nossas T-shirts nas saídas para fora, são T-shirts simples mas personalizadas com uma frase que pouco ou nada diz aos de fora, mas a nós, especialmente os dançantes, nos diz muito porque remete para a quantidade de vezes que nos magoamos "em serviço" ("Eu por ti suspiro ou por ti dou ais"). Seja como for dei comigo a pensar que estas novas T-shirts LED iriam animar bastante a malta. Temos uma cantadeira que de vez em quando se stressa e começa a esganiçar, e temos duas miúdas (a minha Rita e a Ana Maria) que quando lhes dá para a parvoeira guincham que nem umas perdidas... isto sem falar na activação por som da nossaTocata! As T-shirts iam ficar doidas! 

sinto-me: Divertida....
publicado por soumaiseu às 12:18

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Julho de 2015

Hoje falo de Ranchos

11402673_1000591443298913_698929211205841855_n.jpg

 

(Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa de Concelho de Cinfães, foto retirada do facebook)

 

Para todos aqueles que nos apontam o dedo porque andamos num rancho, porque somos "pacóvios", provincianos e por aí fora, ora fiquem a saber que:

- Fazemos ensaios e actuações sem qualquer tipo de aquecimento prévio e isso conduz-nos muitas vezes a todo o tipo de mazelas físicas. E quando nos magoamos somos nós que pagamos, não há seguros nem nada disso. Em cinco anos de rancho já fiz uma luxação na rótula, uma ruptura muscular no gémeo e uma entrose grave com rupturas parciais de ligamentos. E ainda assim continuo nisto.

- Se pensam que o esforço é mínimo enganam-se. Os ensaios demoram cerca de 2 horas, sempre aos saltos com muitas repetições com vista a atingir a perfeição. Experimentem por exemplo estar com os braços levantados durante tempo que baste para começar a doer e ter de os manter lá em cima dê por onde der.

- Intervalos a meio do ensaio? Muito raramente... E ensaiamos sempre, quer chova, troveje ou faça sol, com muito frio ou calor extremo, a grande maioria de nós não falha!

- E as actuações? Nem sempre em Lisboa por vezes obrigam-nos a deslocarmo-nos, e nem sempre as autarquias fornecem o transporte. Depois de darmos a nossa palavra vamos nos nossos carros, damos boleia aos que de nós não tem transportes mas vamos.

- Por vezes esperam-nos palcos que ofendem o próprio nome, feitos de tábuas lascadas, painéis soltos e cravejados de pregos ou agrafos. Outras vezes esquecem-se de colocar o palco à sombra ou simplesmente devido à tipologia do terreno isso não é possível. E por vezes não temos palco, tão simples como isto, e dançamos no chão, em cimento grosso, alcatrão areado ou em cima da calçada. Os que dançam descalços ficam com os pés queimados, com bolhas de água, com a pele gasta e descamada pela fricção. Pedicure? Não precisamos... fazêmo-la à nossa maneira.

- E os trajes? Usamos sete camadas como o lobo, saiotes de flanela por cima dos de linho, saias com pano que daria para fazer pelo menos umas três mais travadas e ainda assim rodadas, meias de lã, coletes, chapéus, lenços na cabeça...

- E quando o sistema de som não vale nada? Estraga por completo uma actuação... 

Isto tudo para vos dizer que fazemos isto por "amor à camisola". No nosso rancho não se ganha dinheiro com as actuações, actuamos a troco de um lanche, em condições que não são nem de perto as melhores. Mesmo assim continuamos, persistimos e insistimos em mostrar aos que nos quiserem ver um pouco do que se fazia por terras Cinfanenses. Porque "O Passado é história, o futuro um mistério e o presente uma dádiva" (Provérbio Chinês).

sinto-me: Folclórica!
publicado por soumaiseu às 21:50

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015

Vamos cantar as Janeiras...

É isso mesmo, o "ilustre" Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Concelho de Cinfães vai andar este fim de semana a cantar as Janeiras. É uma actividade que todos os anos fazemos e que a mim muito me apraz. Praça do Chile, Alto de São João, Chelas, Marvila, Belém. Por isso, meus amigos e leitores Lisboetas, se tiverem o privilégio de se cruzarem connosco não fujam que nós não mordemos. A moedinha será bem vinda pois os trajes são caros e os subsídios do estado cada vez mais parcos. Contudo se não puderem dar o vosso contributo também não faz mal, fiquem pelo menos a ouvir-nos um pouco e a apreciar os nossos cantares. Porque os Reis são isso mesmo: um peditório sim, mas também uma forma de anunciar o nascimento de Jesus e desejar a todos um Feliz Ano Novo.

sinto-me: Folclórica
publicado por soumaiseu às 11:45

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 13 de Julho de 2014

Velhas tecnologias...

Ontem foi dia de mais uma actuação do Rancho, desta vez em Vila Fria - Oeiras, na zona da grande Lisboa. Levei o carro dos meus pais, um Volkswagen Golf com cerca de 10 anos,  porque estava parado há já algum tempo e precisava de ser esticado. Eu tenho uma Peugeot 807 com tudo, ar condicionado da Sibéria, GPS, CD, DVD... cassetes não, claro! Entro no carro do meu pai e a Rita diz-me:

- Tenho calor liga o ar condicionado...

Expliquei-lhe que o ar condicionado do carro do avô é bom para  assar, não para refrescarmos... a corrente de ar do vidro aberto funciona melhor!

- Mamã, eu quero ouvir as músicas da tua terra!

- Ritinha, não pode ser...

- Porquê?

- As músicas da terra da Mamã são em CD, o carro do avô não tem CD, só tem radio e cassetes...

O pai mostrou-lhe uma cassete do nosso Rancho que estava no radio para ela ver o que era. Pediu para a pôr a tocar. E isso revelou-se uma coisa muito complicada... Tentamos pôr a cassete a dar música mas aquilo não se mexia... 

- Não funciona Ritinha, ela não se liga automaticamente, a parte das cassetes deve de estar estragada... - diz o pai.

- O meu pai já deve ter estragado isso tudo, mete aí dentro qualquer porcaria... - respondi-lhe eu!

Lá continuámos, eu a conduzir, o marido a mexer nos botões todos do radio a tentar pôr aquilo a funcionar. Nada. Nem radio nem cassetes, nada!

De repente, caiu-me a ficha: as cassetes tem dois lados. Quando um lado acaba é preciso tirá-la do leitor, virar a cassete do outro lado e pô-la lá dentro outra vez! Se melhor o pensei melhor o fiz! E TCHARAAAAAAAMMM! Fez-se música (aos gritos que sem querer tínhamos posto o volume quase no máximo!) Fartei-me de rir com a nossa ignorância!

Habituamo-nos às novas tecnologias de tal forma que quando temos uma coisa mais primitiva nas mãos já nem sabemos mexer nela! É o que dá as modernices! 

{#emotions_dlg.lol}

 

sinto-me: Divertida!
publicado por soumaiseu às 20:59

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Junho de 2014

Mazelas de ontem....

Isto de fazer parte de um Rancho Folclórico tem muito que se lhe diga, ou fazemos as coisas por amor à camisola ou então mais vale ficar em casa sentado no sofá. Senão vejam, ontem dançamos num palco que estava metade ao sol. Muitos de nós dançam descalços, o que significa que todos os que andaram sem socas passaram pela parte escaldante do palco e por isso todos viemos para casa com os pés queimados, sim, queimados com queimaduras daquelas que fazem bolhas de água nos pés... eu desta vez queimei só os polegares. Tive sorte! Normalmente as mazelas são maiores, mas desta vez fiquei apenas com queimaduras nos dedões... Valha-nos o Biafine e o chinelo confortável! No próximo sábado a actuação é à noite por isso não corremos o risco de tostar mais nada, mas a de domingo, aqui em Moscavide já me preocupa... a ver vamos! Temos uma semana para tratar as mazelas convenientemente. Vai um bocadinho de Biafine?

sinto-me: Continuo folclórica!
publicado por soumaiseu às 11:53

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 20 de Outubro de 2013

Ando toda moídinha....

Com esta coisa de ter parado o verão inteiro, por causa da entorse deixei de andar (atenção que eu andava a fazer caminhadas de 1 hora a 1 hora e meia), as férias do Rancho foram mais longas do que o normal (a Chefinha engravidou e por isso parámos quase 3 meses em vez dos 30 dias habituais), resultado, voltámos aos ensaios, as aulas começaram, vou todos os dias levar a Rita e buscá-la a pé, são três caminhadas de 15 minutos, para além disso voltei a andar, comecei por fazer 30 minutos sozinha, agora com uma amiga minha que também tem a filha na mesma escola da Rita, fazemos cerca de 40/50 minutos bem picadinhos.... e digo-vos que ando toda partidinha.... dóiem-me os músculos todos das pernas... Ontem tivemos actuação, credo, não há nada que não me doa, dói-me mesmo tudo..... :-) 

NOTA: O meu tornozelo vai indo... sinto cada vez menos desconforto, pouquissima dor, ainda resta algum inchaço, continuo a usar o meu amigo pé elástico, e no rancho voltei a dançar descalça (as minhas meias de lã de ovelha são pura manteiga dentro das socas de madeira, e enquanto não tiver a articulação totalmente estabilizada tenho autorização da Chefinha para não as usar, o traje fica incompleto, mas primeiro vem a nossa saúde). Por este andar quando chegar a altura da minha consulta de Ortopedia no Hospital, dia 09 de Dezembro, já devo estar boa! E foi pedida a marcação com carácter de urgência... o nosso sistema de saúde é um espectáculo!

sinto-me: Dorida....
publicado por soumaiseu às 12:01

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

.mais sobre mim

.FAZ-TE YOUZZER!

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Educação...

. Actuações!

. E só para chatear...

. Hoje falo-vos da Zélia...

. T-shirts LED

. Hoje falo de Ranchos

. Vamos cantar as Janeiras....

. Velhas tecnologias...

. Mazelas de ontem....

. Ando toda moídinha....

.últ. comentários

É verdade! Está quase, quase! ...
EU adoro!!! Tudo!!!! <3 <3 E estamos quase a...
Muitos parabéns a todas, à Rita e às mamãs por tod...
Que engraçada. Adoro esses cães.
Que fofas e a Lola está tão engraçada debaixo do ...
Que bom. É engraçado que só alguns eventos nos faz...
Ai Jesus... já me estou a ver... ela a virar-me as...
Eu sei do que falas, awuela sensação agridoce de o...
Essa é demais
breve breve conto como foi.... mas foi giro... mui...

.favoritos

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. E o Resto Que Se Lixe

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

. Às estrelinhas do nosso C...

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds