Lilypie Kids Birthday tickers
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2016

Sobre o Pai Natal (Ritanhês)...

Hoje este blog estava em destaque com este texto. Vão cuscar que vale muito a pena! E sobre esta questão tenho a dizer-vos que a minha petiz, quase a rondar os seus 10 anos de idade, ainda, sim AINDA, acredita no Pai Natal e tem discussões brutais e muito filosóficas com todos os coleguinhas que lhe tentam tirar o brilho da coisa. Em conversa com ela percebi há muito tempo que ela sabe que o Pai Natal cá de casa é o Pai disfarçado de "Noel". Sabe isso desde que percebeu que ambos usavam as mesmas pantufas e a mesma aliança no dedo da mão esquerda. Quando a questionei disse-me que não fazia mal. Que o que quer mesmo é que o Pai Natal continue a vir cá a casa, não lhe interessa quem o traz.

- E sabes quem compra as prendas?

- Sei... - respondeu-me. 

- E isso não te incomoda?

- Não. Não és tu que dizes que cada um de nós tem um Pai Natal cá dentro? Então?

E pronto. É isto. A petiz sabe a verdade mas acredita no Pai Natal interior que cada um de nós carrega no peito. Se é o Pai, ou o Tio, ou o Avô que se veste a rigor isso pouco importa. O que interessa é o espírito da coisa. E eu que faço? Nada! Para quê destruir a fantasia de uma criança que tem a vida inteira para ser um adulto descrente? 

sinto-me: Com espírito!
publicado por soumaiseu às 12:29

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito (3)
|
Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

Ainda o Natal....

- Papá! Faz lá essa caia outa vez!

(E o pai fez a cara...)

- Papá! Eu num aquidito! Tu fizeshte a caia quo Pai Natai vidadeio fez... Isso quei dizer qui tu és o Pai Nati vidadeio!....

Resposta do Pai entre gargalhadas da mãe:

- Dorme Rita!

 

E eu acho que o Mito do Pai Natal já era! :-)

sinto-me:
tags:
publicado por soumaiseu às 11:41

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Já passou...

 

 

A correr este Natal... Foi-se embora tão depressa quanto chegou! Para trás ficaram os papés rasgados dos  presentes, os laços amarrotados, a casa desarrumada, e a nostalgia de algo que vai demorar um ano a regressar... Mas deixem-me contar-vos como foi.

Tivemos uma Natal que na nossa casa já começa a ser tradicional... fizemos a Ceia de Natal cá em casa com os meus pais. Mais tarde, perto da meia noite chegou o meu sogro e a sua namorada. Não houve muitas prendas, apenas as necessárias para mimarmos cada membro da familia. Mas o melhor presente foi ver a cara da minha Rita quando o Pai Natal bateu à porta do quintal... À meia-noite disse-lhe que estava alguém a bater na porta. Ela esperava desde a semana anterior pelo Pai Natal, tinha-o encontrado no Continente de Loures e ele tinha-lhe dito que se se portasse bem iria lá a casa na noite em que nasce o Menino Jesus... até lhe levou as prendas enquanto ela dormia no carro e tudo! A Rita foi comigo à porta. Quando a abrimos a sua carita era um misto de satisfação e espanto! A miúda não sabia bem o que fazer...

- Posso entrar? - perguntou o Pai Natal.

- Chim... - disse timidamente e muito baixinho.

- Estás boa? Lembras-te de mim? Eu disse que vinha cá se te portasses bem! Tens árvore de Natal? Onde está?

E foi aqui que a vergonha e o espanto da Rita se converteram em pura alegria. "Anda! Anda!" gritava ela enquanto corria pela casa fora em direcção à nossa sala...

Ajudou a distribuir os presentes e abriu um a um dos seus embrulhos, e quando chegou a hora do Pai Natal se ir embora deu-lhe um beijo na testa (por causa das barbas) e um abraço e disse-lhe "Xau!" Nem deu pela falta do pai. Quando ele regressou à sala a Rita foi ter com ele para lhe mostrar as prendas, agarrou-lhe na mão:

- O Pai Itai touxe pendas à Ita! Tinha sanaias com um cão... (= o Pai Natal trouxe prendas à Rita, tinha umas sandálias com um cão).

Este último comentário refere-se a uns chinelos que o pai usa e que tem um cão peludo bordado no peito do pé... Pois é! Os miúdos e os pormenores são terriveis... e só tem 32 meses! Seja como fôr acho que ela acreditou mesmo na visita do Pai Natal, apesar da maldade da namorada do meu sogro que insistia em dizer que o Pai Natal não existe e que já não se usa enganar as crianças!

Não quero saber! Eu gosto de fomentar a imaginação da minha Rita. Eu própria acreditei até muito tarde no Pai Natal. Quando descobri que afinal as prendas eram compradas pelos meus pais fiquei desiludida... mas depois percebi que não fazia mal, porque o verdadadeito Pai Natal estava dentro de cada um de nós... e é isto que eu espero que aconteça com a minha menina. Vai haver um dia em que ela me vai dizer "Oh, mãe! Tem dó! Qual Pai Natal qual quê!" Mas até lá espero que ela já tenha percebido que todos nós temos dentro de nós um grande Pai Natal, que nos leva a oferecer prendas e a fazer os outros felizes... porque o Natal é acima de tudo uma época de amor, em que se celebra o nascimento do Menino Jesus... e este é que é o verdadeiro espírito natalício!

 

 

sinto-me: Natalícia
música: Santa Claus is coming to town
publicado por soumaiseu às 11:15

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.FAZ-TE YOUZZER!

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sobre o Pai Natal (Ritanh...

. Ainda o Natal....

. Já passou...

.últ. comentários

Bem vinda de novo!Às vezes é preciso um afastament...
Agora até me deixaste com lágrimas nos olhos. A sé...
É um pouco como voltarmos atrás no tempo... e de r...
Bom dia Catarina! Costuma encontrar-se à venda nas...
I´m back....
Where are you?
Olá alguem me sabe dizer onde comprar este tipo de...
Beijocas

.favoritos

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. E o Resto Que Se Lixe

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

. Às estrelinhas do nosso C...

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds