Lilypie Kids Birthday tickers
Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

Vontade...

De mandar tudo à merda. Sair porta fora e sair de vez. Não voltar. Não ficar. Não querer lutar. Sair. Ir sem rumo. Largar tudo porque começo a achar que já nada vale a pena, que ninguém me dá valor, que ninguém quer saber de mim. Por uma vez na vida ser eu também um Ser egoísta. Vontade de baixar os braços e flipar. Porque eu também tenho esse direito. E chorar. Chorar muito. Sem ter ninguém por perto para me consolar, para interromper o meu prato, o meu devaneio, o meu chelique. Vontade de desabar. Gritar. Deixar a fúria soltar-se... Partir tudo. Não sobrar caco sobre caco... e ficar assim, sozinha, só eu e eu mesma. Esgotada. Mas leve. Vazia de tudo. Tão simples. Tanta vontade...

sinto-me: Em fúria...
publicado por soumaiseu às 10:14

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Setembro de 2016

Como ando...

Poderia dizer-vos tanta coisa, mas a verdade é que não me apetece... Sou como um desenho feito a lápis de carvão: cada dia que passa apago-me mais uma bocadinho... lentamente...

sinto-me: ...
publicado por soumaiseu às 09:49

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito (1)
|
Terça-feira, 13 de Setembro de 2016

Odete.

Chama-se assim e é uma das minhas vizinhas aqui do prédio. É uma senhora com filhos da minha idade, que vive com o marido uma vida "solitária" uma vez que deste não recebe qualquer tipo de amor ou carinho. Não se entende com a filha mas adora o filho, vive para os netos e para o gato que dorme com ela na cama. É uma senhora que sai à rua com roupa simples e a cheirar a detergente em pó. Tem "posses" mas não ostenta o que tem porque a sua simplicidade é o seu melhor atributo. Desabafa comigo quando me encontra como se toda a vida tivéssemos sido amigas. De longe a longe, quando a vida se lhe complica muito vem cá a casa, ocupa o meu sofá, e desabafa o seu sofrimento por entre as festas que vai dando às minhas gatas, que a adoram!  E eu também gosto dela! Gosto desta Dona Odete. Podia ser minha mãe, minha tia... Gosto do seu sorriso sofrido e do modo como encolhe os seus ombros quando lhe pergunto como vão as coisas. Há quem lhe chame chata porque fala demais, mas para mim ela é só uma senhora querida, carente, que precisa de um pouco de atenção e paciência enquanto nos conta a sua história. E às vezes é só isto que precisamos: que nos oiçam. O tempo que for preciso. Sem pressas. Simplesmente isto!

sinto-me:
publicado por soumaiseu às 18:40

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Ritanhês!

Conversa a três:

- O Papá quando era solteiro costumava ouvir este programa de radio, ligava o temporizador do despertador para 59 minutos e adormecia a ouvir isto... (referindo-se ao Oceano Pacífico da RFM)

- Isso resultava com o teu pai, comigo não porque eu desatava a cantar...

- A cantar? Mas são slows... como é que tu cantas slows?

- Porque me soam bem ao ouvido e se me soam bem ao ouvido a minha pessoa canta... não consigo ter sono quando a musica me agrada! 

A Rita interrompe:

- Slows?

- Sim - responde o pai - é música lenta...

- É música calma - acrescento eu...

E a Rita conclui:

- Ok, percebi. Slows antigamente, Kizomba agora: música para namorar e tal...

Galhofa completa! Efectivamente a Kizomba dos nossos dias está para os nossos slows de antigamente... a miúda tem razão! 

Entretanto o programa começa, e começa logo com o Justin Bieber e o seu Love Yoursel que a Rita sabe praticamente toda apesar do seu inglês rudimentar (vai atrás da fonética da língua, repete quase tudo e enrola o que não percebe)... E depois de cantarolar a música toda:

- Papá, a Mamã tem razão! Como é que tu dormias a ouvir isto? 

Tal mãe, tal filha! 

 

Entre pai e filha:

- O pá já andou 10 mil passos...

- Como é que sabes?

- Pus isto a contar (referindo-se ao telemóvel)

- E é automático?

- Não, tens de pôr tu a contar, e depois a partir daí ele conta todos os passos que tu dás...

- Ahhhhhhh! A sério? Eu quero um coisa dessas! Ó homem quanto é que isso custa?

sinto-me: Divertida....
tags:
publicado por soumaiseu às 11:22

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito (1)
|
Quinta-feira, 8 de Setembro de 2016

Ritanhês....

- Mamã, estou ansiosa para que comece a escola...

- Ai é? 

- Assim vou para a escola, vou estar a aprender coisas novas e não tenho de estar a aturar o avô "novo"... 

(A Rita refere-se aos avôs como "velho" e "novo", não pelas idades deles, mas pelo grau de antiguidade no nosso lar, o meu sogro é o "novo" hóspede cá de casa, daí a designação)

A Rita nunca teve uma proximidade muito grande com o avô paterno. Quando ela nasceu veio conhece-la e depois voltou a vê-la quando ela já tinha 7 ou 8 meses. Via-o de longe em longe, nos anos dele, da pseudo-sogra, no Ano Novo, na Páscoa. Houve uma altura em que, por insistência da pseudo-sogra que adorava a miúda, estavam mais próximos e ele até brincava com ela, mas a doença dele foi-o tornando cada vez mais distante e ausente. Hoje é um homem desligado da neta, que está habituado a estar sozinho, tem os seus hábitos, o noticiário é sagrado e gosta de comandar a televisão. Claro que choca com a miúda, claro que não tem consciência para flexibilizar e impõe silêncio quando o que ela quer é cantar e brincar... Já começam a chocar. Ou melhor, ele refila e ela acata a ordem amuada... e chora irritada com a situação. É perspicaz a minha menina. Sabe que o avô não está "bom da cabeça" e talvez por isso não lhe responde como seria de esperar que o fizesse tendo em conta o seu feitio refilão... Mas sente o espaço dela ameaçado e isso não lhe agrada nada. Venha a escola rapidamente que a miúda precisa de arejar o sótão!

 

sinto-me: Preocupada...
publicado por soumaiseu às 11:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Setembro de 2016

Por cá...

As coisas correm de forma estranha. Não é fácil. O sogro tem momentos de apatia. Passa partes da noite sentado na cama porque não tem sono. Levanta-se de noite para ir à casa-de-banho mas não a encontra e acorda a casa toda com o traulitar da sua bengala. Já de dia é capaz de estar sentado horas a fio na borda da cama sem sair de lá. Se lhe pergunto se quer vir para a sala ou cozinha ver televisão diz-me que não, que fica ali mais um bocadinho. Não quer luz porque diz que para o que está a fazer a luz que tem chega bem. Passeia-se de cueca-fralda pela casa. Vai à casa-de-banho e deixa as portas abertas. Perdeu a consciência do que faz, do que come. Não tem qualquer pudor em me pedir que o ajude a trocar de fralda-cueca. Come por impulso: enquanto houver comida e bebida (normalmente sumo de limão com adoçante porque o sogro é diabético e não gosta de água) não consegue parar de comer. Tem laivos de agressividade. Refila com a neta porque faz barulho e não o deixa ouvir o noticiário... é  agressivo para com a minha mãe porque tira os tachos da mesa sem lhe perguntar antes se ele ainda quer comer mais (quando já se tinha servido três vezes)... 

Não sei se estou a lidar bem ou mal com ele e com a situação, a verdade é que não sei bem o que fazer, nem como reagir... sinto-me em carga constante... non-stop. 

sinto-me:
publicado por soumaiseu às 12:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Setembro de 2016

O cheiro...

Nove meses depois ainda sinto o cheiro dele... ontem foi tão intenso como se estivesse aqui comigo, quase lhe consegui ouvir o arfar... o cheiro a pêlo de cão molhado, suado, quente, se esticasse a mão estava certa de lhe tocar... o nosso cérebro tem destas coisas. Por instantes senti-o, ali, com os seus olhos doces e ternurentos em cima de mim... Sabem do que mais sinto falta? Do seu amor incondicional... Ninguém é capaz de nos amar de uma forma tão incondicional como o nosso cão... Ninguém! 

sinto-me: Nada bem...
publicado por soumaiseu às 15:01

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito (1)
|
Sexta-feira, 2 de Setembro de 2016

Demência Isquémica...

Os que por aqui passam com mais frequência sabem que sou uma pessoa crente e que acredito que tudo nesta vida acontece por uma razão, ainda assim há provações que não entendo e que me custam a aceitar. 

Neste momento tenho o meu sogro a viver connosco. Durante o período de férias teve dois episódios de desorientação e imobilização total. Passou duas noites em observação e análises, uma no Hospital de Lamego, outra já em São José (o filho teve de o ir buscar ao Norte uma vez que a desorientação estava ao rubro e a família de lá não estava a conseguir dar conta do recado). Foi incorrecto, mal educado e agressivo com todo o pessoal hospitalar ao ponto de ter sido necessário seda-lo para poderem trabalhar como deve ser. Foi-lhe diagnosticada uma demência isquémica, já em estado mais avançado do que aquilo que os médicos supunham inicialmente. Está dependente de cuidados constantes. Consegue manter um discurso diário fluente, mas trava em situações que impliquem cuidados básicos como tomar banho e alimentar-se. Está incontinente sem ter consciência disso. Recusa-se a mudar fraldas e a trocar a roupa que molha cada vez que tenta ir à casa-de-banho. Confunde espaços físicos e temporais. Acha que o café de Alhões é já ali ao fundo da rua. Chama Rita à neta mas disse ao Neurologista particular onde o levámos que o nome dela é Ana Sofia e que tem 8 anos e não nove. Não se lembra da data de nascimento do único filho que tem, nem da morada completa onde vive, está connosco em Moscavide mas diz a todos que está nos Olivais.Tem alturas em que se recusa a tomar a medicação porque considera que toma comprimidos a mais e torna-se agressivo quando diz que os cospe para o chão se lhos dermos à força. Temos consulta de Neurologia no Hospital dos Capuchos no final do mês. Até lá vamos adiantar trabalho e fazer uma ressonância magnética para confirmar ao pormenor os estragos do cérebro. 

E é isto. A minha vida não tem sido fácil e parece que isso não vai mudar tão cedo, aliás a mim até me parece que está cada vez mais "aprimorada"... Estamos numa fase de acertar os ponteiros e dividir tarefas. Ainda agora "a procissão saiu da Igreja" mas digo-vos que já me estou a passar da "marmita"... Deus me dê forças que bem preciso do seu ombro amigo! 

sinto-me: Murchinha!
publicado por soumaiseu às 10:44

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Setembro de 2016

Mais algumas fotos das férias....

IMG_20160828_014212.jpg

 

O famoso concerto dos GNR, em Alcafozes... Brutal! 

IMG_20160813_010222.jpg

 

As melhores farturas que já comi na minha vida: chamam-se Farturas de Lisboa e só as encontro aqui, na Feira de São Mateus, em Viseu. Acreditem em mim, nunca comeram farturas como estas! E olhem que eu não sou de todo apreciadora deste tipo de guloseima...

IMG_20160810_153440.jpg

 

Em Cinfães chamam-lhe Cigarra... 

IMG_20160822_151438.jpg

 

Poejos, em Proença-a-Velha, acabadinhos de apanhar... que cheirinho!

IMG_20160822_170731.jpg

 

Penha Garcia: um canteiro cheio de beleza à porta de uma das muitas bonitas habitações que por lá há.

IMG_20160822_170912.jpg

 

A minha fonte, Fonte de Nossa Senhora da Conceição, em Penha Garcia.

IMG_20160822_170603.jpg

 

Em Penha Garcia: Subimos ao castelo? Está calor....

IMG_20160823_190603.jpg

 

Por terras de Espanha logo ali junto à fronteira: Zarza La Mayor e a sua imponente Igreja.

IMG_20160825_172521.jpg

 

Idanha-a-Velha, Solar dos Marrocos, muita coisa há para ver aqui mas este solar tira-me o fôlego... é lindo e nunca foi concluído!

IMG_20160827_200818_BURST1.jpg

 

E porque a vida do campo também tem o seu encanto, ensinei os miúdos a tirarem água do poço, na Fonte da Goma, em Proença-a-Velha.

IMG_20160825_164419.jpg

Idanha-a-Velha, Lagar de varas...

sinto-me:
publicado por soumaiseu às 10:57

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.FAZ-TE YOUZZER!

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Estou de volta...

. Sobre mim...

. As Ritas...

. Eu e os...

. Ritanhês (On hollidays co...

. Sim eu sei...

. Ainda sobre o Baile de Fi...

. A Lola e a Mica

. Mimos....

. Finalista 1ª ciclo

.últ. comentários

Bem vinda de novo!Às vezes é preciso um afastament...
Agora até me deixaste com lágrimas nos olhos. A sé...
É um pouco como voltarmos atrás no tempo... e de r...
Bom dia Catarina! Costuma encontrar-se à venda nas...
I´m back....
Where are you?
Olá alguem me sabe dizer onde comprar este tipo de...
Beijocas

.favoritos

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. E o Resto Que Se Lixe

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

. Às estrelinhas do nosso C...

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds