Lilypie Kids Birthday tickers
Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

Aloe, o falso milagroso...

                            

 

Quem disse que o Aloe Vera não causa alergias não sabe o que diz! Deixem-me contar-vos o que me aconteceu.

Tenho a pele do rosto extremamente sensivel o que me causa alguns dissabores, principalmente no Inverno. É frequente eu acordar cheia de pequenas manchas vermelhas, muito redondinhas, que repuxam e descamam... este Inverno, porém, vai-se lá saber porquê, ando três vezes pior do que o habitual. As minhas manchas instalaram-se para ficar, e estão de dia para dia a ficar cada vez mais rebeldes... Experimentei o Creme Gordo Barral (muito gorduroso), o Bepanthene Ungento da Ritinha (idem, idem, aspas, aspas), comprei o Creme da Vichy - Nutrilogie 2, especifico para pele muito seca (nada de especial), até o Creme Nívea eu experimentei. O resultado era sempre o mesmo, melhorava ligeiramente, mas no dia seguinte tudo voltava ao mesmo. As minhas queridas manchas resistiam a qualquer coisa. Já em desespero, resolvi seguir o conselho da minha mãe e ir a uma lojinha de produtos naturais aqui em Moscavide. Aconselharam-me um gel de Aloe, 99.9% puro, que iria hidratar a pele e cicatrizar as minhas manchas que entretanto começaram a verter água... "Nunca cremes porque a sua pele é muito sensivel"... Bom, experimentar não custa!

Cheguei a casa, lavei a cara com o meu sabonete de bébé da Mustela e toca a pôr o creme. Primeiro senti um ardor... mas já dizia a minha avó "O que arde cura" e além disso a senhora da loja avisou-me que uma ligeira sensação de desconforto seria normal... O que ela não me disse foi até que ponto é que o "normal" se aplicava. Passados cerca de 10 minutos toda a minha cara ardia em calor e a minha mãe comentou "Bem, as manchas desapareceram, mas espero bem que não fiques com a cara assim!" Fui ver ao espelho: Efectivamente as manchas desapareceram, porque todas a minha cara se tinha transformado numa enorme mancha vermelha. Embora tivesse aplicado o Aloe apenas em cima das manchas, a alergia alastrou cerca de 2 centimetros em redor das mesmas, e eu parecia um bicho! Parecia que me tinha passado um ferro de engomar quente por cima do rosto... Furiosa, fui á loja fazer-me de parva: "Isto é normal?" - perguntei. "Ai, não! A senhora fez alergia ao Aloe... não ponha mais nada, lave a cara com água bem fria e vá ao dermatologista." Deu-me vontade de rir! Os 6 € que gastei não me foram devolvidos. Fiquei com um tubo de gel que não vou poder usar, a não ser pelo Carnaval se eventualmente me apetecer macarar de lagosta... e mandam-me ao dermatologista! A verdade é que ninguém me mandou ir á loja.... E o Aloe? Tão bom, tão bom e vai na volta também faz alergias! Hoje em dia tudo tem Aloe Vera, os iogurtes tem Aloe Vera, os bolos tem Aloe Vera, os pensos higiénicos tem Aloe Vera, a roupa tem Aloe Vera.... pergunto-me se será seguro. Se na pele a reacção foi esta, imagino o que poderá fazer dentro do nosso organismo... Como eu deve haver certamente por ai muito boa gente que é alérgica ao Aloe e se calhar nunca se percebeu disso... A máxima de que "não faço alergias a nada" não justifica porque também eu não faço alergias a nada e pelo vistos com o Aloe a coisa ja não é bem assim.

Bom, entretanto fui a uma farmácia para tentar resolver o meu duplo problema. A farmaceutica explicou-me que tenho uma pele reactiva e que preciso de um tratamento suave por um lado, e eficaz por outro. Sugeriu-me que mantivesse o uso do sabonete da Mustela e indicou-me um creme da Lutsine Immulia - Cuidado Reequilibrante. Hoje foi a terceira vez que o apliquei. E sabem que mais? A minha pele voltou ao normal, o abrasão provocado pelo Aloe desapareceu completamente, e as minhas manchas de estimação estão a secar. Fica a dica para quem tiver problemas de pele iguais ou semelhantes. E quanto ao Aloe... Não sei qual é a vossa opinião mas eu continuo a não acreditar em milagres!

sinto-me:
música: Tell me lies
tags: ,
publicado por soumaiseu às 16:56

link do post | comentar | ver comentários (50) | favorito
|
Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

Raios e Coriscos

                                   

 

Lembras-te de quando a nossa avó nos contava histórias à lareira e no ar sério que punha quando nos falava dos Lobisomens e das Bruxas que ainda se podiam cruzar connosco em alguns sítios da aldeia? Éramos miúdas e morríamos de medo! Ouvíamos todas aquelas lengalengas tal como a nossa avó as tinha ouvido quando tinha nossa idade. E gostávamos! Ficávamos ali sentadas nos trapeços, a olhar ora para o lume, ora para o ar grave da nossa avó. Nenhuma de nós arredava pé... ao invés pedíamos que nos contasse ainda mais, e a noite avançava até nos rendermos ao cansaço e a avó dizer com um sorriso nos lábios "Ora, porra ! Já chega que estou cansada!" Não sei bem porquê mas tu acabavas sempre o serão muito encostadinha a mim... talvez tivesses frio! Percebemos desde muito cedo que aquelas histórias eram só mesmo isso: histórias. E passamos a brincar com elas... Sempre fomos muito diferentes uma da outra, as desavenças eram inevitáveis e num acto de raiva, iradas, lançávamos raios e coriscos e gritávamos "Bruxa! Bruxa! Bruxa!". E a alcunha foi ficando. Mais tarde, decidimos que não podíamos ser ambas Bruxas, tinha de haver uma diferença. Então decidimos que eu seria a Bruxa-Mor por ser a mais velha e tu a Bruxa-Aprendiz . Lembras-te? Que tolas que éramos ! O Mor e a Aprendiz acabaram por cair, enquanto crescíamos fomos percebendo que a distinção não era assim tão importante. O que interessava era darmo-nos bem uma com a outra, como irmãs. E ainda hoje é assim. Nos meus telemóveis há uma entrada na lista telefónica com o nome de Bruxa, e no teu também. Os nossos maridos conhecem este nosso "carinho", os teus filhotes também e até já brincam com a situação. Agora temos uma uma Bruxinha-Minorca que também irá de certeza fazer as suas gracinhas à custa das taras da mãe e da madrinha...  A verdade é que toda a gente sabe como nos tratamos carinhosamente! Não fazemos disso um segredo. Mas nem todos sabem o quanto me irritas com as tuas pancadas!

O quanto te agradeço por teres estado ao meu lado nas alturas mais  difíceis  da minha vida...

Por teres limpo as minhas lágrimas sempre que precisei.

E o quanto eu gosto de ti!

Obrigada por seres a minha Bruxa!

sinto-me: Falar de ti!
música: As Fábulas da Floresta Verde
tags:
publicado por soumaiseu às 00:03

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

Loucura

              

No meu canto escuro, perdida, olho em meu redor e choro! Sinto-as as paredes apertarem-se contra mim, dizem-me "só assim terás a redenção....". Do quê? Não sei do que falam! Não sei o que dizem! Não quero saber! Já não me lembro da cor do sol quando nasce, do cheiro do mar... Não me lembro da minha cara... Tudo estrá podre! Tudo está fétido!  Está tão escuro! Chamam-me louca! Mas que sabem vocês da minha loucura? Que sabem vocês da minha vida? Louca, eu? Como? Se quando me sento no chão encontro uma janela de onde consigo voar... lá em cima... onde tudo cheira a flores de laranjeira...e em baixo vejo toda a podridão da vossa cidade... Louca? Não quero saber! Não sei do que falam! Loucos são vocês! Todos são loucos! E as paredes a apertarem! Não quero! Grito para pararem! Não consigo respirar! Tento mais uma vez chegar à janela, quero voar, sair daqui! Lá longe o mundo é melhor, lá em cima não cheira a podre! NÃO! NAO! NÃO! Tenho o peito molhado de tanto chorar e a minha boca já sabe a sal! Deixem-me! Deixem chorar a louca! Grito que NÃO! Ninguém me ouve! Loucos são vocês! Eu quero é voar! E de repente tudo pára! A luz surge, um anjo vêm. Não tem asas e não é branco.... mas sei que é um anjo, porque quando ele vêm as paredes voltam ao seu lugar! A janela abre-se! E eu posso finalmente voar!

sinto-me: Ser louca!
tags:
publicado por soumaiseu às 14:11

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.FAZ-TE YOUZZER!

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Estou de volta...

. Sobre mim...

. As Ritas...

. Eu e os...

. Ritanhês (On hollidays co...

. Sim eu sei...

. Ainda sobre o Baile de Fi...

. A Lola e a Mica

. Mimos....

. Finalista 1ª ciclo

.últ. comentários

Bem vinda de novo!Às vezes é preciso um afastament...
Agora até me deixaste com lágrimas nos olhos. A sé...
É um pouco como voltarmos atrás no tempo... e de r...
Bom dia Catarina! Costuma encontrar-se à venda nas...
I´m back....
Where are you?
Olá alguem me sabe dizer onde comprar este tipo de...
Beijocas

.favoritos

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. E o Resto Que Se Lixe

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

. Às estrelinhas do nosso C...

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Novembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds