Lilypie Kids Birthday tickers
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Lá vem mais um ano...

"O Homem hoje, para ser salvo, só tem necessidade de uma coisa: abrir o coração à alegria" - Bertrand Russell , Filósofo e matemático Britânico.

 

Tudo seria bem mais fácil na nossa vida se nos contentássemos com as coisas simples da vida. Mas não o sabemos fazer. Queremos sempre um carro melhor, uma casa maior, as novas tecnologias em DVD's , computadores e outras coisas afins. Um telemóvel novo. Dia a dia vamos lutando, muitas vezes estrebuchando na perseguição de desejos que se, se parássemos para pensar, seriam muito menos interessantes. Esquecemos que a vida tem muito mais do que o aspecto material. Vivemos rodeados de pessoas de quem tanto gostamos mas raramente somos capazes de dizer um simples "Gosto de ti", "Senti a tua falta", "Tenho saudades tuas". Esquecemos que mais importante do que uma noite de trabalho árduo no escritório da empresa é um serão bem passado, no aconchego do lar, junto dos que amamos... Ninguém é excepção  à regra: em cada novo ano fazem-se promessas que não são suficientemente sentidas para que depois possam ser cumpridas. Apenas bastava abrir o coração à alegria, ao sentimento, e tudo seria mais fácil. Neste  novo ano que se avizinha que o nosso coração se abra ao que de mais puro existe... Que sejamos simplesmente felizes.

Feliz 2008!

sinto-me: Ter esperança....
música: Vinte Anos - Green Windows
publicado por soumaiseu às 12:10

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Dia de Chuva!

De repente o céu ficou carregado de cinzento. Surgiram nuvens puxadas a vento e soprava um frio tremendo. Correu para casa antes que o temporal ali chegasse. Nada a irritava mais do que ficar com os pés encharcados e enregelados. Os dias cinzentos deixavam-na triste, deprimida e cabisbaixa. Gostava do Verão com os seus dias interminavelmente solarengos, com soís capazes de fustigar a erva daninha mais resistente. Se pudesse mandar seria sempre Verão e passaria todos os seus dias a torrar estendida no areal da praia.  A chuva começou a cair... grossos bagos estoiravam no seu rosto como pequenos balões de água. Que horror! Agora ia ficar com o cabelo todo frisado e a maquilhagem arruinada... Parou debaixo de um toldo de uma perfumaria. Enquanto passava as mãos húmidas pelo cabelo e sacudia freneticamente a água da mala e do casaco reparou numa pequena figurinha que saltitava apoiada entre dois carros. Entre um e outro salto conseguiu vislumbrar uns caracóis ruivos escondidos debaixo de um gorro de lã grossa que lhe pareceu familiar....  Era o David, o filho da Dona Rosa. Sem sair debaixo do toldo chamou-o, mas o David não lhe respondia. Tentou novamente. Foi lá!

- Que estás a fazer? Estás todo molhado....

A criança levantou os grandes olhos castanhos para ela e com o seu melhor sorriso respondeu-lhe:

- A minha avó deu-me estas galochas para a chuva, mas acho que estão estragadas... tenho os pés secos mas tenho as mãos molhadas... - Pegou na mão dela,  virou a palma para cima e disse-lhe:

- Nao sentes? A chuva faz cócegas!

Por instantes esqueceu o cabelo frisado e a roupa encharcada. Por instantes esqueceu o Verão. Afinal um dia de chuva também tem a sua graça!

 

 

 

sinto-me: Andar à Chuva!
música: Chuva chuvinhão - Linda de Suza
publicado por soumaiseu às 20:16

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

Á Nocas

Bem! Já percebeste que te fiz a vontade. Foste dando tantos lamirés que acabei por criar o tão desejado blog. Mas acho que ficaste desapontada.. é só um palpite! O meu blog não tenciona ser nem tão pouco mais ou menos um diário como o teu, porque eu sou muito menos paciente do que tu! Também não é tão bonito como o teu! Não sei pôr fotos da minha Catita. Ainda não sei mexer bem nas configurações do blog... A verdade é que não percebo pevas disto... já mudei o template do blog desde que o criei um sem número de vezes! Até já tentei seguir os passos da Crisálida... mas nem assim, não há nada a fazer, sou mesmo tó-tó nestas andanças! Bem, á falta de melhor vou escrevendo umas coisas....o que me dá na telha. Sempre gostei de o fazer, mas agora não corro o risco de ser mal entendida. Posso escrever sempre que me apetecer, quando me der na gana, sobre o que muito bem quiser. Gosto desta liberdade! É claro que te vou melgar constantemente... mas isso tu já estás habituada! Sim , e também vou escrever coisas sobre os nossos rebentinhos, de como são lindos, de como são traquinas, de como vão ser namorados.... e vou falar muito de nós, mãmãs recentes, tão recentes que ainda achamos uma maravilha passar os dias a mudar fraldas, mexer em có-cós e facilitar arrotos! Para os que não concordam deixo uma mensagem "Não digam nada!Tenham os vossos filhos e falamos nessa altura!".

E Nocas? Gosto muito de ti!

sinto-me: Oferecer-te uma flôr
música: Friends will be friends
publicado por soumaiseu às 20:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 9 de Dezembro de 2007

So This is Cristhmas

Esta é a época das luzes douradas por toda a cidade, a época em que mesmo longe da minha aldeia consigo sentir o cheiro da lareira acesa e das filhozes a fritar. É a época da saudade. Pode estar frio, pode chover, pode até estar a nevar... inevitavelmente vou querer estar no aconchego do lar, rodeada da familia, dos sobrinhos, afilhados: dos miúdos.  Sentada no sofá.... a nostalgia chega sempre. E é então que o frio e a humidade da serra se me agarra aos ossos... o cheiro a lenha queimada torna-se mais forte, e quando dou por mim, já lá estou... na casa da terra, com as mesmas pessoas de sempre...Entre muita barafunda e muita arrelia prepara-se tudo para uma noite de tradição familiar. Amassam-se as filhoses, deixam-se levedar.... depois o pai acende a fogueira, pendura o caldeiro no fogo, enche-o de óleo e agarra-se ao garfo e á tenás.... Lembro-me como se ainda hoje assim fosse. Nós, miúdas na altura, comiamos massa crua e faziamos bonecos com a massa das filhozes, que depois de fritos eram tudo menos bonecos, mas que nós comiamos como se fossem iguarias raras. Nessa altura os presentes não eram importantes. Recebiamos as mesmas meias e as mesmas camisolas interiores de sempre que a avó comprava na loja do João Folgado. Eram especiais porque na maioria das vezes gastava a mísera reforma nos nossos presentes e esquecia-se de comprar comida para ela. Ainda assim a minha avó cantava. Nós cantavamos com ela. E cantávamos muito. A minha Avó cantava com um brilho nos olhos. Gostava de nos ter por perto. Quanto mais tempo estivessemos com ela, melhor. Hoje já não estás connosco. A tradição familiar cumpre-se apenas cá em casa porque começa a ser muito dificil juntarmo-nos todos... a familia cresceu, mas também cresceu a nossa falta de disponibilidade. Falta-nos o elo que nos mantinha juntos, faltas-nos tu. Tenho saudades tuas!... Tenho suadades do  cheiro a campo e a cabras que vinha da tua roupa. Do barulho que os teus pés descalços faziam ao pisar a terra seca no Verão. Da tua alegria e do teu sofrimento. Este vai ser um Natal muito especial para mim porque é o primeiro Natal da minha filha. Sei que onde estás, estás orgulhosa dela, porque é linda! Um dia vou falar-lhe de ti. De como foste importante na minha vida. E de como era especial esse teu brilho nos olhos!

 

 

 

 

 

sinto-me:
música: So This is Cristhmas
tags:
publicado por soumaiseu às 21:36

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007

Sou Mais Eu

Sou mais eu desde que nasceu a minha filha. Sou mais eu naquilo que faço, naquilo que penso, naquilo que digo. O nascimento da Rita marcou o inicio de uma nova fase da minha vida que já se avizinhava desde há muito, mas que se começou a afirmar logo que engravidei. Aos poucos uma nova consciência de mim começou a tomar forma, do quanto uma mulher pode fazer por amor a um filho.... Nada se compara a nós, Mulheres. E então passei a ser mais eu... como muitas de nós também passaram!

sinto-me:
publicado por soumaiseu às 22:54

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.FAZ-TE YOUZZER!

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Ainda sobre o Baile de Fi...

. A Lola e a Mica

. Mimos....

. Finalista 1ª ciclo

. Pulseira (Ritanhês)...

. Alfama...

. Procissão de Santo Antóni...

. O explorador

. As fitas da petiz...

. I'm back!

.últ. comentários

Ai Jesus... já me estou a ver... ela a virar-me as...
Eu sei do que falas, awuela sensação agridoce de o...
Essa é demais
breve breve conto como foi.... mas foi giro... mui...
Obrigada!
obrigada Maribel!
olá minha linda! Muito interessante mesmo... Gosta...
Não não gosto, adorei
Um chapéu ficou maravilhosos e parabéns pelos resu...
Espectaculares mesmo. Acho que já tinha dito mas d...

.favoritos

. 15 Conselhos sobre Escrit...

. Sim tenho vagina, não não...

. Disparates....

. sabem aquela mulher que m...

. O que fiz no domingo?

. E o Resto Que Se Lixe

. O anuncio que hoje me fez...

. Toda as mortes são premat...

. O Pai Natal

. Às estrelinhas do nosso C...

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds